Combinação "explosiva" pode derrubar o Ibovespa

Setor financeiro pode levar índice rumo aos 46.500 pontos

Por Infomoney

Combinação "explosiva" pode derrubar o Ibovespa

O analista Raphael Figueredo, da Clear Corretora, alerta que o Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, abre caminho para cair ainda mais, rumo aos 46.500 pontos. , O índice repicou no início desta semana, após forte queda no pregão anterior, para voltar a cair com intensidade nos três dias seguintes. Na quinta-feira (13), o Ibovespa encerrou com baixa de 0,78%, a 48.010 pontos perdendo suporte importante na faixa dos 48.250 pontos.

Figueredo acredita que há espaço para alguma correção, pois a quinta-feira marcou o terceiro dia seguido de queda do Ibovespa, mas esse alívio não deve comprometer a tendência de baixa. O índice tem sentido o peso do setor financeiro, que também converge para essa visão mais negativa da Bolsa nos próximos dias. "Boa parte dessa queda é atribuída ao setor financeiro. O IFNC [índice do setor financeiro] vem de uma perda de suporte nos 5.000 pontos, apontando para uma tendência de baixa no curto prazo", analisa Figueredo. Pelo gráfico semanal, o IFNC tem um suporte na faixa de 4.632 pontos e a perda desse ponto deverá deflagrar um padrão de topo duplo, fazendo sua primeira reversão de tendência macro desde sua criação em 2004.

Para Figueredo, essa combinação de perda de topo duplo no IFNC e Ibovespa perdendo os 47.600 pontos é "explosiva" e a retroalimentação do movimento terá projeção inicial nos 45.000 pontos. Uma defesa nesse cenário seria o retorno do índice para cima dos 50.000 pontos.  


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: