Capitais lideram roubos de celulares no Sul

Levantamento revela ainda que os homens são as principais vítimas

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Capitais lideram roubos de celulares no Sul

Porto Alegre é a cidade com mais roubos de celulares na região Sul. É o que aponta o levantamento realizado pela corretora Bem Mais Seguro, tendo como base os dados do site Onde Fui Roubado. A capital gaúcha foi responsável, entre julho de 2014 e maio deste ano, por 38,4% dos 1.913 casos registrados nos três estados. Curitiba vem na sequência com 23,2% das ocorrências. Bem mais atrás, está Florianópolis, que registrou 4,8% dos crimes, seguida por Pelotas (RS), com 3,2%.

O Centro é o bairro que registra o maior índice de roubo de celulares nas três capitais. Em Porto Alegre, Petrópolis e Cidade Baixa completam a lista das regiões de maior incidência. Já na capital paranaense, o ‘top três’ é formado ainda pelos bairros Matriz e Água Verde enquanto que, em Florianópolis, por Trindade e Coqueiros.

A pesquisa revela ainda que 60% das vítimas são homens e o prejuízo médio com a perda do aparelho é de R$ 855. De acordo com a corretora, 63% dos usuários de smartphones já fizeram ou têm a intenção de fazer um seguro para o gadget.

 

As dez cidades com mais roubos de celulares na região Sul e os bairros com maior número de ocorrências

1º        

Porto Alegre (Centro, Petrópolis e Cidade Baixa)

38,4%

2º      

Curitiba (Centro, Matriz, e Água Verde)

23,2%

 Florianópolis (Centro, Trindade e Coqueiros)             

4,8%

Pelotas (Centro e Simões Lopes)  

3,2%
5º          

Caxias do Sul (N.Sª de Lourdes e São Pelegrino)

2,4%

Canoas (Centro e Harmonia)  

2,3%

Londrina (Centro e Sam Remos)

2,2%

Joinville (Centro e Floresta)

2,2%

Maringá (Zona 7 e Zona 1)

2,1%
10º

Praia Grande (Vila Guilhermina e Vila Tupi)

1,8%


leia também

A dádiva de servir à saúde - Conheça a Farmácias São João, um dos cases do livro “100 Marcas do Rio Grande”

A Gocil dá o pontapé inicial para 2020 - Empresa coloca em prática planos de expansão e diversifica negócios

Aos 60 anos, Lojas Lebes chega à Santa Catarina - Rede de varejo aposta em estratégia cautelosa para crescer

As cidades com melhor (e o pior) saneamento no Sul - Municípios do Paraná, como Londrina, destacam-se no investimento e tratamento de água e esgoto na região

Banrisul lucra R$ 339,9 milhões no semestre - Provisões para recuperações judiciais diminuíram o resultado do banco

BRF tem lucro líquido de R$ 3,1 bilhões em 2015 - Valor das vendas aumentou no Brasil e no Oriente Médio, principais mercados da empresa

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: