Governo anuncia R$ 2,7 bi em investimentos nos portos de SC

Dez empresas assinaram protocolo

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Governo anuncia R$ 2,7 bi em investimentos nos portos de SC

A assinatura de protocolos no valor de R$ 2,7 bilhões e as promessas do governo federal para diminuir os gargalos de fiscalização foram os destaques da "SC Acelerando a Economia - edição portos", que foi realizado nesta terça-feira (4), em Florianópolis.

O objetivo do evento foi anunciar medidas e discutir soluções para aumentar a produtividade dos portos catarinenses. Durante o encontro, o governador Raimundo Colombo assinou protocolos de intenções com dez companhias para instalação ou ampliação de atividades no Estado. Os aportes somam R$ 2,7 bilhões em três anos e geram uma expectativa de criação de aproximadamente 600 empregos diretos.

A ministra da Agricultura Kátia Abreu também anunciou a realização de concurso público para contratação de fiscais do Ministério da Agricultura para os portos e aeroportos catarinenses. Serão necessários 16 fiscais — nove pela demanda atual e sete para substituir aposentadorias previstas para os próximos meses.

Também foi anunciada a implantação de um programa que prevê o uso de um sistema de lacre eletrônico  para reduzir o tempo de liberação de contêineres de frigoríficos, em um primeiro momento, e de soja. O sistema está sendo elaborado pelo ministério em conjunto com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) e Universidade de São Paulo (USP). A previsão é que o sistema entre em operação até o final do ano.



leia também

A balança da produção está mudando – de novo - Karen Reddington, CEO da FedEx Ásia Pacífico, avalia mapa global da indústria

A TNT acerta o rumo - Depois de anos de prejuízo, transportadora volta a lucrar e planeja crescimento com base no sul

Cecrisa e Eliane estudam sociedade - Empresas de cerâmica podem se unir daqui a dois anos

Fórum reunirá maiores exportadoras da região Sul - Florianópolis recebe a 1ª edição do Sul for Export em 2 de outubro

Governo sanciona lei sobre uso de depósitos judiciais - Artigo que permitia valor destinado para PPPs foi vetado

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: