Fapesc e Sebrae lançam programa de incentivo a ideias inovadoras em SC

NaSCer tem como objetivo o alcance de uma meta ousada: ser o maior do gênero de pré-incubação do Brasil

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Fapesc e Sebrae lançam programa de incentivo a ideias inovadoras em Santa Catarina

Santa Catarina terá mais uma oportunidade de fomento às novas ideias. A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado (Fapesc) e o Sebrae lançaram na quinta-feira (19) o NaSCer, que já chega com uma meta ousada: ser o maior programa de pré-incubação do país. O lançamento foi durante a reunião do Pacto pela Inovação que envolve cerca de 40 entidades do Estado que tem o objetivo de colocar Santa Catarina como referência mundial no setor.

Nesta primeira etapa, serão realizadas inscrições e seleções para ideias inovadoras, ainda em fase inicial, que ao passar pela pré-incubação têm o objetivo de chegar mais maduras à fase de incubação, aumentando assim, as possibilidades de sucesso. Nesta fase, as empresas serão preparadas para ocupar os habitats de inovação do Estado, fortalecendo o ecossistema. Após esta etapa, passam a integrar os Centros de Inovação de Santa Catarina. 

O presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, lembrou que a atuação da Fundação e do Sebrae tem objetivos comuns. “O Programa NaSCer vem para fortalecer ainda mais o ecossistema de inovação catarinense, que já é destaque no Brasil”, afirma. “Nosso objetivo com o Programa NaSCer é criar uma trilha da inovação, incentivar a criação de startups e contribuir para o surgimento de novos empreendedores, que essas empresas cresçam e se desenvolvam”, acrescenta Carlos Henrique Ramos Fonseca, superintendente do Sebrae.

Para o secretário adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), Amandio João da Silva Júnior, não existe outro caminho para o crescimento de Santa Catarina que não passe pela inovação. “A SDE é parceira deste projeto e vai atuar juntamente com o Sebrae e a Fapesc na seleção das startups que queiram ser incubadas e na ativação do sistema de inovação no Estado”, detalha Sandro Yuri Pinheiro, diretor de Ciência, Tecnologia e Inovações.

O Programa NaSCer envolverá 15 polos em todas as regiões de Santa Catarina e cerca de 1.500 participantes envolvidos nas equipes. “Serão duas turmas em cada um dos Centros de Inovação, uma no primeiro semestre de 2020 e a outra no segundo semestre. Cada uma dessas turmas terá 10 ideias aceitas e cada equipe pode ter até cinco integrantes. Vamos chegar ao fim do primeiro ano envolvendo 1.500 empreendedores”, garante Jefferson Fonseca, gerente de Inovação e Tecnologia da Fapesc. Esses negócios receberão mentoria, capacitação para que cheguem ao fim do processo mais maduros.


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: