Para a aposentadoria não se tornar um sacrifício

A etapa só é proveitosa quando planejada com antecedência

Por Bernt Entschev

A aposentadoria só é proveitosa quando planejada com antecedência

A aprovação da reforma da previdência está na reta final, e muitos profissionais prestes a se aposentar estão começando a fazer as contas e enviar pedidos ao INSS, tendo em vista possíveis mudanças que aumentem o tempo de contribuição. Independentemente de a preocupação ser legítima ou não, antes de solicitar a aposentadoria, é preciso realizar um planejamento em diferentes frentes. Desta forma, você poderá desfrutar de seu tempo livre com mais tranquilidade. 

A primeira questão à qual se deve prestar atenção é a financeira. Grande parte dos profissionais que se aposentam recebem valores menores do que antes. Logo, se você não planejou uma renda complementar, cuidado: é necessário saber como comportar o orçamento atual com a nova realidade de renda, evitando se endividar e transformar a aposentadoria em algo ruim. Faça as contas e, se necessário, adapte sua vida à nova realidade financeira. 

Outro ponto a ser analisado é a vida profissional. Já vi muitos colegas que se aposentaram adoecendo devido ao ócio em excesso. Sou aposentado de minha função principal, mas não parei de trabalhar. Em vez disso, reduzi o ritmo em algumas áreas e passei a me dedicar a consultorias, palestras e conversas com profissionais, algo que gosto muito de fazer e para o que, antes, não tinha tempo. 

O que você gostaria de fazer sem precisar ter uma rotina desgastante? Pode ser um trabalho voluntário, um projeto que quer desengavetar ou alguma outra atividade profissional que ainda lhe trará renda complementar. 

Muitas consultorias em recursos humanos oferecem serviços de orientação para os futuros aposentados. Se for o caso, busque orientação profissional para o seu planejamento e faça desse período uma fase harmoniosa e gostosa de se viver. 


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: