BNDESPar cogita vender sua participação na Copel

Braço de investimento do BNDES é dono de 24% das ações

Da Redação

redacao@amanha.com.br

BNDESPar cogita vender sua participação na Copel

A Copel pode estar prestes a passar por grande mudança em seu quadro acionário. De acordo com informações do jornal O Estado de São Paulo, o braço de investimentos do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDESPar) estuda se desfazer da participação na estatal paranaense, como parte de um projeto de desinvestimento bilionário. O BNDESPar é dono de 24% das ações da estatal de energia paranaense, somando um valor estimado em R$ 2,2 bilhões. A Copel tem valor de mercado de aproximadamente R$ 10 bilhões. Hoje, o governo do Paraná continua sendo o maior acionista, com 31% da participação acionária. A Copel afirma não ter sido comunicada sobre o interesse da venda e o BNDES sustenta que não comenta suas movimentações acionárias. 

“Os papeis da Copel podem estar entre os mais atrativos para o mercado. No primeiro semestre de 2019, a companhia viu seu lucro líquido chegar a R$ 852,9 milhões, uma alta de 19,9% em relação ao mesmo período de 2018. O crescimento foi impulsionado principalmente pelos resultados da Copel Distribuição, que, na comparação anual, cresceu 88,7% no segundo trimestre (abril, maio e junho), e 165,8% no consolidado do primeiro semestre, respondendo por 38% do lucro da holding. Além disso, a estatal paranaense parece firme em seu plano de vender sua subsidiária de comunicação, Copel Telecom, que teve crescimento de 2,3% em receita no primeiro semestre de 2019 em relação ao mesmo período do ano anterior. Mas, apesar disso, houve queda de 81% no lucro líquido no mesmo intervalo – de R$ 22,6 milhões para R$ 4,3 milhões”, recorda a publicação. 


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: