Possível retaliação chinesa mantém B3 no vermelho

Recessão global segue preocupando investidores

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Possível retaliação chinesa mantém B3 no vermelho

O principal índice da bolsa brasileira, a B3 (foto), segue em retração nesta quinta-feira (15). A B3 tem refletido o comportamento do mercado mundo afora em meio às crescentes preocupações de uma recessão global. A China divulgou um comunicado afirmando que poderá retaliar os Estados Unidos depois de a Casa Branca ter anunciado que adiria a aplicação do novo pacote de taxas sobre produtos chineses. Trump anunciou novas taxas no início deste mês, tendo desencadeado uma resposta imediata da China, que suspendeu a compra de produtos agrícolas norte-americanos.

No início da tarde, por volta das 13h, o Ibovespa tinha queda de 0,4%, a 99.812 pontos. Na abertura, o índice chegou a operar em alta de 0,6%, mas depois retrocedeu. O dólar, no mesmo  horário, era cotado a R$ 4,0150, queda de 0,5% em relação à cotação de ontem. Na quarta-feira (14), a bolsa recuou 2,9%, a 100.258 pontos, após dados fracos da produção industrial da China e a queda do PIB da Alemanha. 


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: