Paraná poderá receber fábrica de cimento da CSN

O aporte de R$ 1,5 bilhão seria feito em Campo Largo

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Paraná poderá receber fábrica de cimento da CSN

A CSN (foto) tem planos para investir em uma nova fábrica de cimentos no Brasil. O local em estudo é a cidade de Campo Largo, no Paraná, e esta unidade deve ter capacidade para produzir 3 milhões de toneladas por ano. O investimento deverá ser de aproximadamente R$ 1,5 bilhão. A informação é da edição on-line do Valor Econômico desta quinta-feira (13).

"Segundo Eduardo Bekin, presidente da Paraná Desenvolvimento, agência estadual de desenvolvimento, a companhia já tem licença para os estudos de viabilidade econômica para a instalação da fábrica, e até o final de agosto, os investimentos devem ser confirmados", relata a reportagem assinada por Ana Paula Machado e Ivo Ribeiro. De acordo com o Valor, o que estaria atrasando o anúncio é a negociação de incentivos com o governo. Além do Paraná, revela a publicação, a CSN chegou a avaliar também ter a nova unidade em Sergipe, onde tem uma jazida de calcário. 

A fábrica no Paraná seria estratégica para a CSN, de acordo com o Valor. "Isso porque para crescer na região Sul, a empresa precisa estar junto do mercado consumidor. Hoje, tem fábricas em Volta Redonda (RJ) e Arcos (MG). No primeiro trimestre, esse negócio gerou receita líquida de R$ 120 milhões e representou apenas 2% do resultado total da companhia", detalha o jornal.  


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: