Assembleia homenageia Randon pelos 70 anos

Grupo de Caxias do Sul emprega cerca de 11 mil pessoas

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Assembleia  Legislativa do RS homenageia Randon pelos 70 anos

As Empresas Randon receberam homenagem nesta terça-feira (4) em Porto Alegre, durante o grande expediente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul pelos seus 70 anos, completados em 21 de janeiro. A homenagem, proposta pelo deputado Carlos Búrigo (na foto, o terceiro da esquerda para a direita), contou com as presenças de Nilva Randon (na foto, a segunda da esquerda para a direita), do vice-presidente do Conselho de Administração das Empresas Randon, Alexandre Randon (na foto, o primeiro da esquerda para a direita), do presidente das Empresas Randon, Daniel Randon (na foto, o quarto da esquerda para a direita), demais diretores, familiares, autoridades e convidados. 

Sediada em Caxias do Sul (RS), a fabricante de implementos para o transporte de cargas, de autopeças e de serviços financeiros, teve origem com uma oficina de reforma de motores em 1949, alcançou a liderança nos mercados onde atua graças à postura inovadora, mote que norteia a campanha comemorativa “Randon 70 anos: juntos, inovando por um futuro melhor”. O objetivo é valorizar, em ações ao longo de todo o ano, o legado das Empresas Randon e projetar seu futuro por meio da inovação e das pessoas. Uma das inspirações é a própria história do fundador, Raul Randon, falecido em março do ano passado, e seu espírito empreendedor e visionário, reconhecido nacionalmente.

Os negócios no decorrer dessas sete décadas foram sempre impulsionados pela inovação. Exemplos históricos disto são a criação do freio a ar (1954), a decisão arrojada de abertura de capital da companhia (1971) e a busca de parceiros globais para formação de joint ventures (anos 1980 e 1990) na competitiva área de autopeças. A atitude inovadora também alcançou o modelo organizacional que passou por readequação em 2014, tornando-se mais enxuto e eficiente, moldando a empresa para os novos e desafiadores tempos de crescimento. As Empresas Randon promoveram alterações em alguns processos de gestão, que associam tecnologias com mudanças comportamentais. É o caso do sistema digital de recrutamento que utiliza inteligência artificial para selecionar o perfil desejado de profissional. A empresa também participa no movimento pela Inovação – Hélice, que junto a outras empresas da região serrana, busca soluções para demandas em comum junto a startups. 

Hoje, o grupo emprega cerca de 11 mil pessoas e registrou no ano passado um faturamento bruto total de R$ 6 bilhões. “Conquistamos essa posição ao longo das décadas de muito trabalho, norteados na qualidade e no foco ao cliente, mas sem perder nosso olhar para as pessoas, que em última instância são quem constrói a história e o sucesso de uma empresa. Também sempre nos preocupamos em manter uma atuação responsável junto à comunidade, por meio de nossas ações sociais”, declarou Daniel Randon, presidente das Empresas Randon.


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: