Ambev e bancos são ações “resilientes”, aposta Eagle Capital

Esses papéis estão bem precificados e uma alta não os levará muito longe

Por Infomoney

Ambev e bancos são ações “resilientes”, aposta Eagle Capital

As principais ações da Bolsa de Valores de São Paulo ainda estão vulneráveis aos problemas macroeconômicos que o país enfrenta. Por essa razão, a gestora de recursos Eagle Capital optou por fazer uma alocação mais cautelosa e reduzir o risco em sua carteira. “O fato é que os principais papeis do índice estão vulneráveis, com exceção de Ambev (foto) e bancos. Esses, porém, estão bem precificados e uma alta não os levará muito longe”, revelou o gestor Paulo Possas, em carta aos cotistas da asset.


Possas destaca que a maioria das posições atuais será vendida, para evitar desvalorizações acentuadas por conta de uma saída de investidor estrangeiro, por exemplo. “Não precisamos dessa volatilidade para recuperar nossos ganhos e, francamente, nossos quotistas não querem esse risco que acaba eliminando o bom retorno que uma boa parte da carteira traz”, relata. Com isso, Possas anunciou que boa parte do portfólio “será transformado em renda fixa ou posições travadas, que tragam resultado mensal sem riscos de oscilação”.


Das ações que permanecem na carteira, a Eagle pretende continuar com uma posição importante em algumas ações de terceira linha, com uma carteira mais concentrada em papéis conhecidos – e, clro, com menos chances de trazer surpresas negativas. “[Esses papéis] estão em média abaixo de 50% do valor patrimonial, sem dívidas e podemos esperar os triggers [gatilhos] acontecerem. Esssa parte tem um sabor de private equity”, escreveu Possas. O gestor assinala ainda que uma parte da carteira de ações estará concentrada em papéis líquidos que tem potencial de subir acima do Ibovespa. “Alguns têm um potencial tão grande quanto a carteira private equity, só que não temos controle sobre as informações, análises etc”, esclarece.



leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: