Shopper 60+, uma “mãe” para o varejo brasileiro

Consumidores desta faixa etária gastaram 40% a mais em presentes no Dia das Mães

Por Martin Henkel

Consumidores 60+ gastaram 40% em presentes no Dia das Mães

Tenho acompanhado de perto o comportamento do consumidor 60+ em relação aos demais públicos. O ticket médio do presente comprado por eles no último Dia das Mães foi de R$ 282 – valor 40% maior do que o gasto médio geral (R$ 201) e 13% mais elevado do que o total do ano passado (R$ 250). Os dados são da Vitamina Pesquisas para a CDL Porto Alegre. O curioso é que ao comparar com outros indicadores, como o índice da Alshop, que reúne os shoppings centers, a diferença se torna ainda mais gritante. A Alshop identificou uma queda de 5% no faturamento de shoppings centers na data.

O shopper 60+ possui uma condição bastante singular, pois tem renda garantida com a aposentadoria, pensão, trabalho ou outras fontes. Sem contar o fato de que aproximadamente 33% também têm renda adicional. Os dados são da pesquisa “O Brasil 60+” realizada pela Vitamina para a Ajinomoto em parceria com o Núcleo de Inteligência e Marketing 60+ São Paulo (Vitamina/SeniorLab/Ativen) com apoio do Aging2.0 SP. Foram quase 2.700 horas de entrevistas com 2 mil pessoas entre 60 e 75 anos em onze capitais.

Aos pouco observadores e igualmente surpresos com os números apresentado neste post, lembro que muitos 60+ têm mães e sogras com seus 75+. E maridos presenteiam suas esposas, mães dos seus filhos – e muito bem. Em breve apresentarei os números e valores de compras dos consumidores 60+ para o Dia dos Namorados. Sim, eles namoram e seduzem. Não quero fazer spoiler, mas garanto que você ficará de queixo caído. 


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: