Eliane nega fusão com Cecrisa

A empresa também afirma que não vendeu ações para o grupo Kinea

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Eliane nega fusão com Cecrisa

A Eliane Revestimentos afirma, por meio de nota, que não houve e não há qualquer termo de fusão em curso com a Cecrisa ou qualquer outra empresa do setor (leia detalhes aqui). A notícia foi veiculada pelo Jornal Valor Econômico na segunda-feira (13).

“Quanto ao posicionamento de mercado, entendemos que a opinião expressa na matéria está equivocada. O grupo Eliane, líder nacional no setor cerâmico é reconhecido pelo alto design das marcas Eliane e Decortiles, atuando nos mais importantes nichos do mercado cerâmico”, esclarece Edson Gaidzinski Jr, presidente da Eliane.

A companhia também afirma que não houve venda de ações para o grupo Kinea – e sim um aumento de capital através de aporte de recursos para investimentos, cujas negociações estão sendo submetidas aos órgãos competentes.

 


leia também

Bunge adquire o Moinho Pacífico - O valor do negócio não foi divulgado

Catarinense Flex e Grupo RR anunciam fusão - Negócio gerará um grupo de contact center com 10 mil funcionários

Cecrisa e Eliane estudam sociedade - Empresas de cerâmica podem se unir daqui a dois anos

Dallas adquire a Germani Alimentos - Grupo do Centro-Oeste expande para o sul

Fusão tem menor nível até setembro desde 2007 - Número é igual ao registrado na crise de 2009, revela PwC

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: