Drogaria Catarinense expande atuação no país

Empresa pretende inaugurar 70 unidades até o fim do ano

Com reportagem de Marcos Graciani

graciani@amanha.com.br

Ao completar 100 anos, a Drogaria Catarinense (foto) vai firmar ainda mais sua bandeira nos estados onde está presente. Com sede em Joinville, a Clamed, detentora da marca centenária, pretende inaugurar 70 novas unidades da Catarinense até o fim do ano. Hoje são 512 filiais espalhadas pelas regiões Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste. No ano passado, eram 441. Em 2015, 350.

Mais de 90% das unidades da Drogaria Catarinense estão localizadas do Paraná para baixo. Com a expansão, a Clamed pretende barrar a concorrência cada vez maior do setor. "A atuação da Clamed nos estados de fora do Sul ainda é muito recente. Por isso, nosso foco de abertura de lojas no curto e médio prazos será nos estados onde já estamos presente", explica Andrey Bornschein, diretor executivo da Clamed.

O faturamento da Clamed poderá crescer 9,5% este ano, segundo Borschein. Na abertura de novas filiais da Drogaria Catarinense, a Clamed usa capital próprio. Contudo, o executivo acredita que o investimento exige cautela por parte da empresa. "Expandir é um movimento caro. Muitas redes estão perdendo o fôlego e reduzindo o ritmo de abertura ou optando por buscar capital de terceiros", analisa. O próprio cenário econômico do país também exige essa postura, na visão do executivo. "A recuperação econômica ainda é tímida e o contingente de desempregados no país é muito alto. Ainda há muito a ser feito antes de termos uma aceleração significativa da economia", estima.  Além da Catarinense, a companhia detém outra marca no varejo, a Farmácia Preço Popular.


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: