O Brasil está aberto para as reformas?

Fórum da Liberdade discutirá o tema nos dias 8 e 9 de abril

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Coletiva do Fórum da Liberdade 2019

O Fórum da Liberdade, promovido pelo Instituto de Estudos Empresariais (IEE), está confirmado para os dias 8 e 9 de abril no Centro de Eventos da PUCRS, em Porto Alegre (RS). Para os debates com o tema principal “Brasil: aberto para reformas?”, estarão presentes pensadores, lideranças políticas e empresariais nacionais e internacionais, tais como o empresário fundador da Wise Up, Flávio Augusto; o economista e político peruano, Hernando de Soto; o filósofo e escritor, Olavo de Carvalho (por vídeo); o CEO da BRFoods, Pedro Parente; o empresário e político colombiano, Fernando Araújo; entre outros. A diretoria do IEE também enviou convite para o ministro da Economia, Paulo Guedes.

A presidente do IEE, Giovana Stefani, destaca a relevância dos debates desta edição. “O resultado das urnas na última eleição deixou ainda mais claro o clamor popular por mudanças. Ao mesmo tempo, o pensamento liberal nunca esteve tanto em evidência, questionando a histórica tendência brasileira ao estatismo. Diante deste cenário, o tema desta edição busca fomentar um debate qualificado e plural sobre o futuro do Brasil. Queremos ir além da discussão sobre reformas estruturais e questionar o quanto estamos abertos a mudarmos o nosso mindset”, afirma Giovana.

Complementam as palestras do Fórum da Liberdade nomes como: Andy Ducan, economista inglês; Demétrio Magnoli, cientista político; Gloria Álvarez, cientista política guatemalteca; Gustavo Franco, economista e ex-presidente do Banco Central; Hélio Beltrão, empresário e CEO do Mises Brasil; Marcos Lisboa, Economista e CEO do Instituto Insper; Paulo Uebel, secretário do Ministério da Economia; Rodrigo Marques, fundador e CEO do Atlas Quantum; Salim Mattar, empresário e secretário de Desestatização do Governo Federal; e Wolf von Laer, economista alemão, cientista político, cofundador e CEO do Students for Liberty na Europa.

O Prêmio Libertas é concedido aos empreendedores que se destacam no trabalho pela valorização dos princípios de economia de mercado e de respeito ao Estado Democrático de Direito. Em 2019, o mérito será concedido ao empresário e cofundador do IEE, Winston Ling. Ling possui vasta experiência no desenvolvimento de empresas no Brasil, Estados Unidos e China. Atualmente é proprietário da WinTech Ventures, empresa investidora em Fintechs que alavancam projetos de criptomoeda, sistemas bancários, ativos digitais e tecnologia da informação, para resolver problemas financeiros para consumidores e empresas. O Prêmio Liberdade de Imprensa é conferido aos profissionais que preconizam a liberdade de imprensa e que se dedicam ao desenvolvimento do pensamento crítico. Neste ano, o homenageado será Alexandre Garcia.


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: