Silva e Luna é o novo diretor-geral brasileiro da Itaipu

Anatalício Risden Júnior comandará área financeira

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Joaquim Silva e Luna é o novo diretor-geral brasileiro da Itaipu

Em decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro nomeou o novo diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Joaquim Silva e Luna (foto), e o novo diretor financeiro executivo da empresa, vice-almirante Anatalício Risden Júnior. Eles substituem Marcos Vitório Stamm e Mário Antônio Cecato, respectivamente. A data da posse e o local da solenidade de transmissão de cargo ainda não foram definidos. O mandato tem validade até 16 de maio de 2022.

Ex-ministro da Defesa e general de exército da reserva, Silva e Luna é o terceiro diretor com formação militar a ficar à frente da condução do lado brasileiro da empresa. Ele esteve à frente do Ministério da Defesa de 27 de fevereiro de 2018 a dezembro do mesmo ano e foi o primeiro militar a comandar a pasta. Neste período, esteve na Itaipu para uma reunião com o então ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, e integrantes do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, em 13 de julho de 2018. Na ocasião, o general pôde conhecer melhor a estrutura da empresa e a importância de Itaipu como uma das infraestruturas críticas do País, tema do qual tem amplo conhecimento e formação. Para o novo diretor-geral, “o cargo é estratégico e requer uma boa bagagem em gestão”.

Com vasta experiência em planejamento estratégico, orçamento e gestão de projetos, ele comandará o lado brasileiro da usina em um momento relevante para a binacional, às vésperas da renegociação do Anexo C do Tratado de Itaipu, que dispõe sobre as bases financeiras e vence em 2023. Outro desafio será o de dar continuidade ao processo de atualização tecnológica das unidades geradoras da usina. O prazo previsto do trabalho é de 14 anos e o investimento é de cerca de U$ 660 milhões. As propostas comerciais das empresas e dos consórcios interessados no trabalho devem ser apresentadas ainda no primeiro semestre de 2019. O último militar brasileiro a dirigir Itaipu, de 1985 a 1990, foi Ney Aminthas de Barros Braga. Paranaense, foi prefeito de Curitiba, deputado federal, senador e governador do estado do Paraná. Ele foi precedido pelo general de exército José Costa Cavalcanti, o primeiro diretor-geral brasileiro de Itaipu (1974-1985), que participou de todo o processo de construção da usina.

Militar da reserva após 40 anos e 8 meses na ativa da Marinha do Brasil, Anatalício, novo diretor financeiro executivo da Itaipu, tem ampla experiência em administração e economia do setor público, finanças governamentais, orçamento público, operações de crédito internacionais e estruturação de projetos complexos de Defesa, em relação à vertente orçamentária e financeira. Bacharel em Ciências Navais, ele tem especialização em Intendência para Oficiais; MBA em Administração de Investimentos Financeiros; é mestre em Ciências Navais e doutor em Altos Estudos de Política e Estratégia – Marítimas. Desde 2015, é consultor da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Entre março de 2007 a abril de 2015, Anatalício foi diretor de Coordenação do Orçamento da Marinha (COrM), constituindo o elo entre a Força e os demais entes do orçamento federal, entre eles, o Ministério da Defesa, o Ministério da Fazenda e o Ministério do Planejamento. No cargo, o vice-almirante atuou em todo o processo orçamentário, desde o planejamento, passando pela captação de recursos, até o controle de sua execução. Nascido em Curitiba, em 1956, Anatalício recebeu, no final de 2012, o título de Vulto Emérito de Curitiba pela Câmara Municipal da cidade.


Deprecated (16384): Accessing `here` as a property will be removed in 4.0.0. Use request->getAttribute("here") instead. - /home/amanha/www/src/Template/Posts/view.ctp, line: 173 You can disable deprecation warnings by setting `Error.errorLevel` to `E_ALL & ~E_USER_DEPRECATED` in your config/app.php. [CORE/src/Core/functions.php, line 311]/posts/view/7106" data-widget-id="AR_1" data-ob-template="RevistaAmanha">

leia também

Brasil e Paraguai assinam declaração para duas pontes - A parte brasileira de Itaipu financiará obra no Paraná

Grupo de trabalho vai discutir revisão do contrato de Itaipu - Uma redução no volume ou alta no preço poderiam afetar a tarifa

Itaipu defenderá integração à rede mundial de reservas de biosfera - Programas ambientais e de sustentabilidade da usina serão apresentados em Paris

Itaipu reassume a liderança mundial em geração - O recorde se soma ao título de maior produção de energia acumulada

Itaipu será vitrine de soluções para Cidades Inteligentes - Espaço poderá ser usado por prefeitos de todo o Brasil

Itaipu terá compartilhamento de veículos elétricos - O projeto é piloto e vai atender apenas funcionários da usina

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: