Claudio Coutinho será o novo presidente do Banrisul

Economista carioca fundou o Banco CR2 e foi diretor do BNDES

Por Karine Menoncin

karine.menoncin@amanha.com.br

Eduardo Leite anuncia Claudio Coutinho como novo presidente do Banrisul

Em coletiva, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (na foto, ao microfone), anunciou na manhã desta quinta-feira (14) o economista Claudio Coutinho (na foto, o segundo da esquerda para a direita) como novo presidente do Banrisul. O economista substituirá Luiz Gonzaga Mota. Segundo o governador, escolha é "estratégica" para os planos do governo estadual. “O banco precisa de uma gestão competitiva e segura, mas também precisa ser um agente de desenvolvimento do estado. Por isso, escolhemos um nome que representa isso”, justificou Leite. 

Formado em Economia e em Engenharia Civil, Coutinho foi CEO do banco CR2 de Investimentos e atuou na direção do BBM. Mais recentemente, atuou na direção da área de Crédito e da área Financeira e Internacional do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). 

Em seu discurso, Coutinho anunciou que sua gestão terá foco, prioritariamente, em financiamentos e investimentos para a indústria, agronegócio e exportações, ainda que mantenha toda sua atividade no varejo. “O varejo e o segmento de cartões segue como carro-chefe do banco, mas queremos aprofundar essas três operações que já estão em desenvolvimento”, explica o economista. Sobre a atuação do Banrisul no interior do estado, Coutinho classificou a penetração como “uma fortaleza do banco” e afirmou que a intenção é aprimorar os meios digitais de atendimento.

A respeito da negociação do Banrisul para que o estado ingresse no regime de recuperação fiscal da União, Leite acredita que venda de ações será analisada e definida ainda dentro do primeiro semestre. “No limite do controle acionário é possível que as ações sejam negociadas. Dissemos à Fazenda que não faz sentido a venda completa do banco, uma vez que não seria oportuno para o desenvolvimento do estado”, defendeu o governador.  


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: