Conteúdo Patrocinado

Cinco motivos para usar o Big Data na prospecção

Análise de dados já se tornou uma bússola para os empreendedores

Por Maucir Nascimento*

Análise de dados já se tornou uma bússola para os empreendedores

Identificar clientes em potencial e saber como se aproximar deles são fatores decisivos para o sucesso no mundo dos negócios. Apesar disso, boa parte dos empreendedores patina quando o assunto é vender o próprio peixe, e tem nas áreas de marketing e vendas um dos seus principais desafios, como demonstra um estudo do Endeavor.

A boa notícia é que a grande quantidade de informações disponíveis na internet facilita a vida de quem precisa correr atrás de novos negócios. No entanto, compilar e organizar essa informação não é tarefa fácil. Usar soluções de Big Data, que analisem e interpretem esse volume imensurável de informações ajuda a sair na frente na busca por clientes. Confira, a seguir, cinco motivos para apostar nelas em sua rotina de prospecção:

Conhecer bem o cliente
Parece óbvio, mas não é. Muitos profissionais e empresas simplesmente desconhecem características básicas daqueles para quem pretendem vender. Conhecer o perfil da empresa – e falar com as pessoas certas – faz a diferença na hora de fechar ou não um contrato. Na correria do dia a dia, no entanto, nem sempre é possível manter uma base de prospects alimentada com essas informações. Soluções de Big Data fazem isso em poucos segundos. Uma rápida pesquisa traz informações valiosas como tamanho, tempo de mercado, faturamento, localização, posicionamento de mercado, presença digital, profissionais responsáveis pelo negócio, entre outros itens.

Melhorar a segmentação
De nada adianta atirar para todos os lados, falar com empresas que você não disponha de infraestrutura para atender ou, ao contrário, procurar empresas que não têm condições de adquirir seu produto ou serviço. Sabendo quem você quer e pode atingir, a ferramenta de Big Data pode ajudar, em poucos segundos, a efetuar uma busca focada em seu público.

Fazer análises preditivas
Uma empresa que emprega o Big Data nas rotinas de prospecção tem um conhecimento mais aprofundado sobre o cliente. Assim, pode prever seu comportamento e se concentrar nas ações de vendas que tenham melhores chances de resultados.

Gerenciar os contatos
Manter um mailing atualizado é fundamental para partir em busca de novas oportunidades. O uso do Big Data automatiza o processo de atualização e facilita o estabelecimento de bases confiáveis.

Aumentar o ROI
Contra números não há argumentos. Segundo pesquisa da revista Forbes, companhias que empregam o Big Data para desenvolver estratégias de vendas têm aumento de 15 a 20% no retorno de investimento (ROI).

 *Head de vendas e marketing da Speedio, com sede em São Paulo (SP).


leia também

Big Data muda a maneira de orientar vendas - Outbound pode atrair muitos novos clientes

Como o Big Data ajudou o Google a gerenciar pessoas - É possível melhorar o desempenho das equipes, ensina Brian Welle

Outbound Marketing: questão de vida ou morte nos negócios - Speedio oferece ferramentas para contato com os clientes

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: