Porto de Itajaí fecha o ano com melhor resultado desde 2011

Movimentação em toneladas em 2018 quase dobrou

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Porto de Itajaí fecha o ano com melhor resultado desde 2011

Com três berços em operação, o Porto de Itajaí (foto) fechou o ano com o melhor resultado desde 2011. A movimentação em toneladas em 2018 quase dobrou com expressivo crescimento das importações e fortalecimento das exportações. O ano passado foi marcado pela volta das atividades nos berços 1 e 3, conclusão da dragagem no canal de acesso, início da importação de automóveis e conquista de nova escala com a Ásia. Em 2018 foram movimentadas 4,4 milhões de toneladas no terminal, o melhor resultado em sete anos e 96% a mais que em 2017. As exportações representam 61% do total movimentado (2,7 milhões) e um aumento de 70% em relação ao ano anterior. Este também é o maior número desde 2008, quando na época foram movimentadas 2,8 milhões de toneladas. Em representação econômica, o frango continuou sendo o carro-chefe das exportações no ano passado (33%), seguido de madeiras e derivados (22,2%), mecânicos eletrônicos (15,4%) e carnes em geral (13,6%).

O grande salto em 2018 foi das importações. Com aumento de 162%, o ano fechou com 1,6 milhão de toneladas movimentadas. Houve o início das operações de automóveis, quando mais de 16 mil unidades desembarcaram em Itajaí, e incremento de 27% na importação de mecânicos e eletrônicos, sendo estas as principais mercadorias trazidas do exterior. “O Porto de Itajaí é o motor da nossa economia. Temos um mercado competitivo, eficiência nas operações portuárias e satisfação por parte dos clientes exportadores e importadores. Esse crescimento é reflexo dos investimentos que temos feito no setor e continuaremos tratando o porto como uma prioridade”, destaca o prefeito Volnei Morastoni.

O aumento da movimentação está diretamente relacionado aos investimentos no setor. Se no início de 2017 o porto tinha apenas o berço 2 em operação, pela primeira vez desde a enchente de 2008, o ano passado fechou com três pontos de atracação. Com a conclusão das obras de reforço e realinhamento do berço 3 e a reforma no berço 1, agora Itajaí aguarda apenas a inauguração das obras no berço 4 para operar com sua capacidade total. A conclusão dos trabalhos está prevista para o primeiro trimestre deste ano.

Os investimentos nos berços são de quase R$ 140 milhões. Além disso, no ano passado também foi concluída a dragagem para restabelecer o calado em 14 metros com recursos na ordem de R$ 38,8 milhões. Em 2017 foi retomada a Linha Ásia, que passou a operar semanalmente pela APM Terminals, e ampliada em 2018 com uma nova escala. O porto ainda fechou uma importante parceria com a General Motors para importação de veículos por Itajaí. Para 2019, a superintendência do Porto de Itajaí planeja dar andamento às desapropriações para ampliação da área portuária e concluir a primeira etapa da bacia de evolução.


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: