Copagril: fazendo o campo mais forte

A diversidade é a base do sucesso da cooperativa

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Unidade Industrial de Aves da Copagril

O case a seguir faz parte do livro “Paraná – Grandes Marcas”, publicado pelo Instituto AMANHÃ.


Uma história marcada pela dedicação no campo, desenvoltura na gestão e diversificação nos negócios. As mãos que arduamente lavraram o campo também foram as responsáveis pela construção zelosa de uma das maiores marcas de cooperativa do país. A trajetória da Copagril inicia-se no inverno de 1970, quando um grupo de produtores rurais se organizou e realizou uma assembleia em 9 de agosto. Esse foi o marco fundador da Cooperativa Agrícola Mista Rondon Ltda., situada em Marechal Cândido Rondon, no Oeste do estado.

Do pequeno espaço alugado no centro da cidade, a cooperativa cresceu, atraiu novos associados e conquistou clientes por todo o mundo. Hoje, são 36 unidades de negócios no Paraná e em Mato Grosso do Sul, além da exportação de carne de frango para cerca de 50 países da Europa, Ásia, África e Oriente Médio. Certificada pelos mais rígidos controles de boas práticas de fabricação e segurança do alimento, a Copagril também adota o Abate Halal.

A diversidade é a base do sucesso da Copagril, gerando diferentes fontes de renda para os mais de 5,2 mil produtores rurais associados. Desse total, ressalta-se o expressivo número de agricultores familiares, que somam 65% dos cooperados. O fortalecimento dos pequenos produtores colabora para a diversificação das atividades. Só em 2017, foram produzidos 12 milhões de toneladas de soja, milho e trigo, 58,3 milhões de litros de leite, além da criação de 730 mil suínos e 41,1 milhões de frangos. Entre rações e concentrados, foram fabricadas 470 mil toneladas. Para 2018, a meta é aumentar em 200 milhões o faturamento bruto, fechando o ano com R$ 1,7 bilhão.

Tudo isso é resultado, também, do empenho de mais de 3,2 mil colaboradores. Junto dos associados, edificaram a história da cooperativa reconhecida pela união, força, seriedade e confiabilidade. Essas características estão retratadas graficamente na marca Copagril, cuja logo foi adotada em 2003. Enquanto o pinheiro, árvore símbolo do cooperativismo, representa a fecundidade e a imortalidade, já que eles sobrevivem em terras menos férteis e têm facilidade de multiplicação, a cor verde-escura simboliza o princípio vital da natureza. Abaixo, o solo remete à fertilidade. Por sua vez, o amarelo faz analogia ao sol, símbolo da energia e calor. 

História e expansão
Em 1971, a Copagril saiu do espaço alugado para o novo escritório na avenida Maripá. Um dos marcos desse início foi a criação da primeira fábrica da cooperativa para a produção de ração aos criadores de suínos, também em 1971. Depois, foram construídos os primeiros armazéns graneleiro e sementeiro, além da fundação da sua primeira unidade, em Guaíra. Três anos após, a cooperativa já despontava no cenário paranaense por ser a primeira a implementar um laboratório particular de análise de sementes. 

Ainda na década de 1970, a Copagril tomou a frente e instalou, em Marechal Cândido Rondon, seu primeiro posto de combustíveis. Um dos diferenciais é a entrega de diesel na lavoura em períodos de safra, agilizando as atividades agrícolas dos associados e clientes agricultores. Além do posto na cidade-sede da Copagril, hoje é possível abastecer o veículo nos postos de Margarida, Entre Rios do Oeste e Nova Santa Rosa.

Em 1980, foi criada a Transcopagril, subsidiária de transportes rodoviários. A frota é responsável por movimentar cargas de mercadorias e produtos nas transferências entre as unidades. Com mais de 230 veículos leves, pesados e empilhadeiras.

Logo depois, foi a vez do primeiro supermercado da Copagril abrir as portas em 1982, em Marechal Cândido Rondon. Atualmente são cinco supermercados, localizados na região de atuação da cooperativa. As unidades oferecem produtos de qualidade, com bom atendimento e garantia de procedência.

Além dos postos de combustíveis, transportadora e supermercados, a cooperativa também possui uma rede com 20 lojas agropecuárias, oferecendo produtos para a lavoura, pecuária de leite, suinocultura, avicultura e piscicultura, utensílios agrícolas e ferramentas para o dia a dia. Desde o lançamento da proposta, em 2001, as lojas cresceram e hoje oferecem eletrodomésticos, eletroeletrônicos, materiais elétricos, canos e conexões, equipamentos de beleza, calçados e itens de camping e lazer.

Em 2005, um novo marco na história da cooperativa: a inauguração da Unidade Industrial de Aves Copagril, com capacidade de abate de 180 mil aves/dia. No mesmo ano foi alterada a razão social para Cooperativa Agroindustrial Copagril.

A linha Copagril Alimentos foi lançada em 2010. Além do frango, passou a oferecer aos clientes arroz branco, arroz parboilizado, feijão preto, feijão carioca, farinha de trigo e amido de milho. Os produtos saíram das gôndolas dos mercados da rede diretamente para as mesas – e paladares – dos consumidores. Hoje, o cardápio aumentou e já são mais de 250 produtos sob a chancela de qualidade da Copagril.

Para facilitar ainda mais a vida de quem trabalha no campo, a loja de máquinas agrícolas da Copagril funciona desde 2011, em Marechal Cândido Rondon. Além de peças, implementos e máquinas agrícolas, também oferece assistência técnica e orientações mecânicas. Desse modo, o produtor tem ao seu alcance produtos vindos diretamente das fábricas, com valores diferenciais e com todo o suporte necessário.

Pensando no amanhã, rumo ao cinquentenário 
O senso de coletividade foi responsável pela criação da cooperativa, enquanto o espírito inovador impulsionou seus passos desde o início. Seus valores seguem tendo papel central na missão da Copagril, que alia tecnologia e eficiência produtiva para a industrialização e comercialização de produtos com excelência, sempre de olho nas tendências do mercado e interesses dos clientes.

Os Comitês Femininos e de Jovens da Copagril constituem as ação de relacionamento desenvolvidas com o público associado. Através de cursos, palestras e treinamentos, os participantes são capacitados visando ao desenvolvimento pessoal e profissional, identificando e formando novos líderes. Acreditando na força da união, a cooperativa também mantém o Cooperjovem, um programa realizado em escolas municipais, que mostra como o trabalho em cooperação auxilia no desenvolvimento de toda a comunidade. Desde 2006, mais de 420 professores e 6 mil estudantes do ensino fundamental já participaram das atividades interdisciplinares. 

Engajando as futuras gerações, a cooperativa proporciona visitas à trilha ecológica da Unidade Industrial de Aves. Em um momento de descontração e aprendizado, estudantes podem passear de barco, conhecer as lagoas de tratamento de efluentes e plantar árvores. Mais do que uma ação extraescolar, o projeto semeia a importância da preservação da biodiversidade, solidificando as ações já feitas e transformando conhecimento em ação. 

Visando a um futuro ainda mais próspero e cooperativo, a Copagril projetou o Rota 50, um conjunto de metas a serem atingidas e que simboliza o caminho a ser percorrido pela Copagril até completar 50 anos de fundação. O projeto, a partir da análise de cenários, projeção financeira e planos de ação e comunicação, estabelece como meta o faturamento de R$ 2 bilhões em 2020. “A Rota 50 dá identidade ao nosso planejamento estratégico, que visa à diversificação das atividades do associado, ampliação da eficiência operacional da cooperativa, desenvolvimento de novos mercados e gestão focada em resultados”, destaca o diretor-presidente, Ricardo Sílvio Chapla.

Ética, qualidade e sustentabilidade seguem norteando a empresa que viu no cooperativismo uma oportunidade de gerar renda e desenvolvimento social para toda a comunidade. A Copagril entra no seu cinquentenário com toda a experiência solidificada durante sua história e com o fôlego de quem busca o novo a cada dia.


leia também

25 anos: do tubo de alumínio aos componentes - O aumento do portfólio da Arotubi ocorreu naturalmente

A jovem gigante DINAMIK Rental - Empresa do Grupo Cargo ganha mercado a cada ano

Alcast: um grupo, duas grandes marcas - A produção da Panelux ganhou forma no ano 2000

BBM Logística: na estrada do futuro - Empresa tem 4 mil veículos em operação em todo o país

Bematech: à frente de seu tempo - Empresa impulsiona a transformação digital corporativa

C.Vale: apoio para quem produz no campo - Marca é uma das maiores cooperativas singulares do Brasil

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: