Cinco razões para investir como as mulheres

Escritora Meredith Jones diz que investidoras são mais ponderadas

Por Infomoney

Cinco razões para investir como as mulheres

Um crescente número de pesquisas vem demonstrando que as mulheres pensam diferente dos homens na hora de investir. E mais: os investimentos feitos por elas se mostram tão confiáveis e rentáveis quanto os deles – ou em muitos casos até mais. Meredith Jones, autora do livro Women of The Street: Why Female Money Managers Generate Higher Returns (Mulheres de Wall Street: porque as investidoras conseguem retornos maiores, em tradução livre) e fundadora do Alternative Investment Research, reuniu em artigo para o site MarketWatch as razões pelas quais vale a pena investir como uma mulher. Confira:

1 – Frear a confiança
Vários estudos mostram que os homens tendem a ser muito confiantes quando investem. O excesso de confiança pode refletir em práticas de investimentos negativas, como a concentração em uma única ação. “Esse estilo de investimento pode causar uma queda considerável no valor do papel e na negociação excessiva de uma mesma ação”, comenta Meredith.

2 – Encarar os riscos com outros olhos
Homens e mulheres pesam as probabilidades de lucro de maneira diferente. "As mulheres normalmente têm uma escala de ponderação mais ampla", acrescenta Meredith. Isso significa que elas não criam expectativas muito altas com ganhos futuros e se arriscam de forma muito bem calculada e planejada, gerando ganhos a longo prazo.

Polêmica: mulheres não seriam tão confiantes quanto os homens na hora de investir?

3 – Evitar as modas
Muitas mulheres entrevistadas por Meredith preferiam se manter em um único segmento de investimento do que se arriscar na nova “onda do momento”. “O mais provável é que mulheres aportem recursos em companhias menores, setores específicos ou tratem o fluxo de modo a obter um retorno melhor com o investimento”, analisa a especialista.

4 – Manter uma posição
Mulheres tendem a diferenciar melhor os ruídos do mercado quando um investimento parece ruim. Quando os preços das ações caem, mesmo os bons investimentos podem parecer um péssimo negócio, de acordo com o tom das notícias e especulações. Por essa razão, elas normalmente não vendem uma ação por medo de quedas pontuais.

5 – Admitir os erros
Por serem mais firmes na hora de aplicar, as investidoras tendem a admitir de forma mais leve seus erros e corrigi-los antes de se tornarem grandes desastres.

Ainda que o cenário venha mudando, o número de investidoras ainda é pequeno. “Se as mulheres podem trazer uma outra maneira frente a comportamento, cognição, investimentos e inclinações comerciais, me parece razoável que elas, futuramente, se tornem fontes. Afinal, não importa quantos fundos, classes de ativos e estratégias você tenha no seu portfólio se, no final das contas, todos os responsáveis financeiros tendem a agir e pensar da mesma maneira Ou seja, você passa a não ser alguém diversificado", conclui Meredith.



leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: