Porto de Paranaguá supera 52 milhões de toneladas transportadas

No ano, o agronegócio representou 70% de toda a movimentação do terminal, que já ultrapassou a marca de 2017

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Porto de Paranaguá supera 52 milhões de toneladas transportadas em 2018

O Porto de Paranaguá (foto) acaba de bater mais um recorde histórico na movimentação de cargas. O terminal alcançou a marca de 52,2 milhões de toneladas movimentadas, tanto em exportação, quanto importação. O número de atracações de navios chegou a 2.292 no período de 01 de janeiro e 28 de dezembro. Entre esta sexta-feira (28) e a próxima segunda-feira (31), a expectativa é que o terminal atinja a marca de 52,6 milhões de toneladas movimentadas nos 365 dias do ano de 2018. O valor é quase 15% superior ao recorde registrado em 2013, que foi de 46,1 milhões de toneladas e supera em mais de um milhão de toneladas o valor movimentado em 2017.

De acordo com a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), o crescimento do terminal foi possível devido à safra de grãos – já que Paranaguá é um dos principais pontos de escoamento desse tipo de produto no país - e aos investimentos públicos e privados realizados para aumentar a eficiência do porto paranaense. “Este desempenho foi possível devido a melhoria das condições operacionais do porto. A eficiência, com ganho de produtividade, é resultado de investimentos públicos na ordem de R$ 964 milhões e outros R$ 3 bilhões em aportes da iniciativa privada”, explica Lourenço Fregonese, diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA).

Ao todo, foram 33,4 milhões de toneladas de produtos exportados e 19 milhões de toneladas importadas, entre grãos que foram para outros países e fertilizantes que chegaram para atender as lavouras brasileiras. A soja, mais uma vez, esteve entre os produtos mais exportados por Paranaguá, com 15 milhões de toneladas e representando 29% do total exportado. Na sequência aparece o farelo de soja, com 5,4 milhões de toneladas, o açúcar com 3,3 milhões de toneladas, os congelados totalizaram 1,8 milhão de toneladas e a celulose que representou 1,2 milhão de toneladas nas exportações.

As importações, que totalizaram 19 milhões de toneladas, foram alavancadas pelo fertilizante - produto de maior volume que chega ao Porto de Paranaguá, com 10 milhões de toneladas movimentadas. Na sequência aparecem os combustíveis e óleos minerais, com 3,7 milhões de toneladas, o álcool etílico, com 870 mil toneladas e o malte e a cevada, com 367 mil toneladas. Neste ano, o agronegócio representou 70% de toda a movimentação do porto.


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: