Guerra entra com pedido de recuperação judicial

A decisão já foi anunciada aos cerca de mil funcionários

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Guerra entra com pedido de recuperação judicial

A Guerra S.A. Implementos Rodoviários, de Caxias do Sul (RS) ingressou nesta quarta-feira (1) com pedido de recuperação judicial no fórum da cidade. A decisão já foi anunciada aos cerca de mil funcionários. Uma dívida de R$ 212 milhões, já com previsão de juros e dólar, forçou a companhia a tomar essa atitude. No ano passado, para efeitos de comparação, a Guerra faturou aproximadamente R$ 500 milhões. 

Uma das maiores fabricantes de implementos rodoviários da América Latina, a empresa, até então familiar, foi vendida em junho de 2008 para o Axxon Group, fundo internacional de private equity. Com 44 anos, a companhia vem sendo afetada pela crise econômica que restringiu os pedidos no polo automotivo da serra gaúcha. Assim como outras grandes empresas do segmento, a Guerra concedeu férias coletivas e flexibilização da jornada de trabalho para inibir as demissões.

leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: