Pontal, um porto sobre trilhos no sul

Novo terminal portuário privado do Paraná terá aporte de R$ 1,5 bi

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Pontal, um porto sobre trilhos no sul

Com investimento de R$ 1,5 bilhão, o Terminal Portuário Porto Pontal (foto) contará com um pátio de 450 mil metros quadrados, o que constituirá a maior área para depósito de contêineres do país. De acordo com informações da companhia, a pedra fundamental será lançada no último trimestre deste ano. O empreendimento será equipado com o sistema RMG (rail mounted gantry), guindastes de pórtico montados sobre trilhos, tendência mundial por sua eficiência e segurança.

Para atender o Estado, que é o maior produtor e exportador de frangos do país, o novo porto terá 5 mil tomadas reefer, essencial para abrigar contêineres refrigerados. Para suprir a demanda e proporcionar mais competitividade à produção local e nacional, Porto Pontal irá ampliar em 55% a capacidade portuária do Paraná, que passaria de 45 para 70 milhões de toneladas. "Enquanto, nos últimos oito anos, Santa Catarina recebeu três novos terminais – em Navegantes, Itapoá e Imbituba – o Paraná permaneceu estagnado. O novo porto vem para tornar este cenário mais dinâmico e para contribuir com o desenvolvimento econômico e social da região", afirma Ricardo Bueno Salcedo, diretor do Pontal.

A primeira etapa da obra do Porto Pontal, com finalização prevista para o segundo semestre de 2017, envolverá a implantação de dois terços da estrutura total do terminal e possibilitar a movimentação de 700 mil TEUs (Twenty Foot Equivalent Unit - refere-se à Unidade Equivalente de Transporte, que possui um tamanho padrão de contêiner intermodal de 20 pés).

Sul for Export
A próxima edição impressa de AMANHÃ apresentará um ranking das 90 maiores companhias exportadoras pelo Paraná, por Santa Catarina e pelo Rio Grande do Sul, além das campeãs por setor. A metodologia é baseada em dados compilados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. A publicação também apresentará as empresas que obtiveram maior índice de crescimento de exportações entre 2012 e 2014.



leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: