Sterlite Power celebra o início de sua operação no Sul

Empresa construirá subestações em Bagé e Lajeado

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Sterlite Power construirá subestações em Bagé e Lajeado

A Sterlite Power – desenvolvedora líder global de infraestrutura de transmissão de energia com projetos na Índia e no Brasil – celebra nesta segunda-feira (3) o início de suas operações no Rio Grande do Sul. Uma cerimônia oficial foi realizada no canteiro da subestação (foto) de Lajeado (RS) e marcou o início das obras do projeto de transmissão de energia Vineyards. Participaram do evento executivos da companhia, membros da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e autoridades políticas da região, como o prefeito Jonatan Bronstrup.  

O projeto prevê a construção de 114,4 quilômetros de linhas de transmissão, a implantação de duas novas subestações e a expansão de quatro subestações nas regiões de Bagé e Lajeado. O Vineyards tem um investimento previsto no edital da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de quase R$ 400 milhões, com recolhimento de impostos diretos de aproximadamente R$ 10 milhões. Esse é o segundo projeto da Sterlite Power no Brasil a ter suas obras iniciadas de um total de nove concessões que a companhia conquistou em leilões públicos organizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).  

O CEO da Sterlite Power no Brasil, Rui Chammas, declarou estar motivado com o início das obras do projeto Vineyards. “É uma honra poder trabalhar com nossos parceiros para o desenvolvimento da região, ampliando a capacidade de transmissão de energia, sempre alinhado ao nosso propósito de capacitar a humanidade e enfrentando os principais desafios no acesso à energia”, declarou em seu discurso. Por enquanto a Sterlite Power não tem projetos no Paraná e em Santa Catarina, mas a companhia participará do próximo certame da Aneel , no dia 20 deste mês, onde lotes nesses estados serão leiloados. 


leia também

A gigante da energia paranaense - Como a Copel usou a engenharia para vencer os limites estaduais

Acordo prevê novas rotas de aviação no Rio Grande do Sul - Seis cidades terão voos da Gol com destino à capital

Aneel autoriza reajuste de tarifas de energia da região Sul - Três das cinco cooperativas terão valores reduzidos

Aneel leiloa todos os lotes de linhas de transmissão e subestações no Sul - Os projetos para a região somam um aporte total de R$ 8,5 bilhões. A Neoenergia e a CPFL conquistaram metade das ofertas

Até 2024, 1 mi de brasileiros devem gerar energia própria - Uma residência pode obter o retorno do investimento a partir de 4 anos

Consumo de energia caiu 1,8% em 2015, revela ONS - Subsistema Sul teve queda de 3,2% na demanda

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: