Confiança da indústria tem queda de 4,9% em junho

Indústria de transformação sofreu mais um trimestre de queda da produção

Por Agência Brasil

Confiança da indústria tem queda de 4,9% em junho

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) da Fundação Getulio Vargas (FGV) recuou 4,9% em junho, em relação a maio, ao passar de 71,6 para 68,1 pontos. Quanto mais baixo o índice em relação a 100 pontos, maior é o pessimismo das empresas da indústria quanto à situação atual e à intenção de novos investimentos. A pesquisa sobre o ICI, feita em 1.200 empresas industriais em todo o país, é usada para orientar o governo e líderes empresariais em relação à tomada de decisões sobre a política econômica e negócios.

Segundo o superintendente adjunto para Ciclos Econômicos da FGV, Aloisio Campelo Jr, o resultado da pesquisa sinaliza que, entre março e junho, “a indústria de transformação enfrentou mais um trimestre de queda da produção e de margens de lucro comprimidas”. Segundo ele, embora os indicadores que retratam a situação presente dos negócios estejam caindo mais fortemente em junho, “chama atenção a piora das expectativas, levando a um elevado grau de pessimismo em relação ao horizonte de três a seis meses”.

A queda do ICI em junho atingiu 9 dos 14 principais segmentos acompanhados pela pesquisa. O Índice da Situação Atual (ISA), um dos componentes da pesquisa, caiu 5,6%, atingindo o menor nível da série mensal iniciada em outubro de 2005 (70,4 pontos). Outro elemento da pesquisa –  o Índice de Expectativas (IE) – recuou 4,2%, passando a 65,8 pontos.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: