Fiep: por uma indústria mais competitiva

Entidade projeta o Paraná no cenário internacional

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Fiep projeta o Paraná no cenário internacional

O case a seguir faz parte do livro “Paraná – Grandes Marcas”, publicado pelo Instituto AMANHÃ.


Servir e fortalecer a indústria para melhorar a vida das pessoas e ser referência em soluções para o desenvolvimento sustentável do setor. Essas são a missão e a visão do Sistema Fiep, entidade que trabalha para melhorar os resultados das empresas, movimentar a economia, realizar sonhos e projetar o Paraná no cenário internacional.

Fruto da integração de quatro instituições – Fiep, Sesi, Senai e IEL –, o Sistema Fiep é o legítimo representante da indústria paranaense. Cumprindo essa função, atua em diferentes frentes na defesa de medidas que ajudem na criação de um ambiente mais favorável ao empreendedorismo e aos negócios. Com amplo conhecimento sobre a atividade produtiva, defende políticas públicas e instrumentos legais que reduzam custos e não imponham limitações desnecessárias às empresas – o que se reverte, em última instância, em mais empregos, renda e desenvolvimento socioeconômico.

Mas, além da articulação entre diferentes atores para que essas ações aconteçam, o Sistema Fiep também trabalha diretamente para o aumento da competitividade das indústrias paranaenses. A entidade dispõe de um capital humano de elevado valor e de uma gama de serviços que podem auxiliar as indústrias a buscar o nível de excelência de que tanto precisam para superar desafios, aumentar a produtividade e expandir seus negócios.

Isso é possível graças a uma estrutura presente em todas as regiões do Paraná, que atende a indústrias dos mais variados setores. Um trabalho que abrange diferentes eixos de atuação, que vão da educação à segurança e saúde do trabalhador, da inovação à sustentabilidade, passando ainda pela busca de novos mercados para os produtos paranaenses.

Educação
Ciente da necessidade de formar profissionais capacitados para uma indústria cada vez mais avançada, o Sistema Fiep oferece ações educacionais que vão da pré-escola à pós-graduação, atendendo o trabalhador e sua família. Um dos destaques nessa área é o Colégio Sesi, atualmente a maior rede privada de Ensino Médio do Paraná, ofertando educação inovadora em 53 unidades, das quais cinco são internacionais, com ensino bilíngue. O Colégio Sesi Internacional de Curitiba, inclusive, foi reconhecido como Showcase School da Microsoft por sua metodologia inovadora.

O Sistema Fiep também é referência em ensino técnico, por meio do Senai, maior complexo tecnológico e de educação profissional da América Latina. Só em 2017, foram realizadas mais de 185 mil matrículas na categoria, tanto na modalidade presencial quanto semipresencial. Há ainda centenas de opções de cursos rápidos de iniciação e qualificação, a fim de ajudar na inserção dos trabalhadores no mercado de trabalho. Além de o ensino profissionalizante estar disponível nas 45 unidades do Senai, encontra-se presente em todo o estado por meio da Escola Móvel. Os veículos customizados levam aprendizado e desenvolvimento para as cidades por onde passam. 

Já quando o assunto é ensino superior, por meio das Faculdades da Indústria, oferta cursos de graduação e pós-graduação, além dos in company de educação executiva, personalizados para atender às necessidades específicas de cada indústria. Para quem não conseguiu concluir os estudos, o Sistema Fiep tem a Educação para Jovens e Adultos (EJA) para que possam melhorar sua escolaridade e alcançar oportunidades. Oferece ainda Educação a Distância, com cursos de diferentes áreas para que os trabalhadores se qualifiquem em seu tempo e sem precisar se deslocar.

Tecnologia e inovação
Além de sua forte atuação na formação de profissionais para a indústria, o Sistema Fiep vem se tornando referência também em serviços e soluções em tecnologia e inovação. Isso ocorre principalmente pela atuação em rede dos Institutos Senai de Tecnologia e Inovação. Atualmente, são sete Institutos de Tecnologia, cada um voltado para um setor industrial: Madeira e Mobiliário, em Arapongas; Meio Ambiente e Química, em Curitiba; Tecnologia da Informação, em Londrina; Metalmecânica, em Maringá; Construção Civil, em Ponta Grossa; Papel e Celulose, em Telêmaco Borba; e Alimentos e Refrigeração, em Toledo. Somam-se a eles dois Institutos de Inovação: o de Eletroquímica, em Curitiba; e o de Engenharia de Estruturas, em Maringá. O Sistema Fiep oferece melhorias técnicas e tecnológicas, além do desenvolvimento de novos produtos e processos para que as indústrias tenham acesso a pesquisas, tecnologias e soluções de ponta.

Já por meio do IEL, desenvolve a competitividade industrial a partir da gestão da inovação em diferentes frentes, como prospectiva estratégica, criatividade, empreendedorismo, inovação em negócios, gestão do conhecimento e de capital, design, tecnologia e sustentabilidade.

Segurança e saúde
A segurança e a saúde no trabalho também são prioridades para o Sistema Fiep. Por meio do Sesi, que conta com profissionais especializados, elabora e entrega programas, laudos, treinamentos, consultorias e assessorias que envolvem normas regulamentadoras, condições ambientais, treinamentos e ações educativas. Utilizando-se de unidades operacionais móveis, o Sesi mantém seu compromisso de estar onde a indústria precisa.

E tendo a inovação como um alicerce, oferta o Cuide-se +. O programa promove a saúde por meio da prevenção e educação, oportunizando soluções para todos os aspectos relacionados aos hábitos de vida do trabalhador da indústria, contribuindo para a redução de acidentes, ocorrências de situação de risco e índices de absenteísmo.

Sustentabilidade
A sustentabilidade permite a uma empresa se desenvolver de forma segura e sem comprometer as gerações futuras, respeitando o meio ambiente. Para ajudar nessa empreitada, o Sistema Fiep, signatário do Pacto Global e dos Princípios para a Educação e Gestão Responsável (PRME), oferece soluções integradas para a criação de negócios sustentáveis.

São recursos e serviços, como gestão organizacional, ensaios laboratoriais, consultorias, sistemas de logística, política de resíduos sólidos e comitês estruturados para atender às necessidades dos diversos tipos de indústria, e podem complementar projetos já utilizados na empresa, potencializando os resultados.

Relações internacionais
Além de apoiar a indústria paranaense a melhorar seus produtos e processos produtivos, o Sistema Fiep também atua de forma estratégica na busca de parcerias internacionais que ajudem as empresas a vislumbrar novos mercados. Por meio do Centro Internacional de Negócios (CIN-PR), identifica oportunidades de negócios que promovam a diversificação e a expansão das empresas, assim como cria cenários favoráveis a investimentos estrangeiros no Paraná. Realiza estudos de mercado e disponibiliza informações sobre economia, cultura e benefícios fiscais; organiza encontros de negócios, visitas técnicas, reuniões institucionais, missões e recepções internacionais.

Com todas essas e com outras ações que aprimoram as empresas e transformam vidas, e pelo peso de representar um setor fundamental para a economia paranaense, o Sistema Fiep mostra a sua importância para o desenvolvimento do estado e do país.


leia também

Bematech: à frente de seu tempo - Empresa impulsiona a transformação digital corporativa

Carta une Federações de Indústrias do Sul - 1º Fórum Sul-Brasileiro de Relações do Trabalho debateu reforma

Coamo: o cooperativismo ganha impulso - Gestão possibilitou o crescimento exponencial da cooperativa

Comércio paranaense bem representado - A Fecomércio PR representa mais de 500 mil empresas

Crédito e benefícios ao trabalhador - Cooper Card expandiu atuação para mais de mil municípios

De iniciativa familiar a liderança nacional - Duas gerações moldaram a paranaense Trombini

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: