PUCRS anuncia investimento de R$ 110 milhões

Universidade anunciou meta de criar mil novas startups em 10 anos

Da Redação

redacao@amanha.com.br

PUCRS ingressa nos 70 anos anunciando investimento de R$ 110 milhões

Para comemorar seus 70 anos de história, a PUCRS anunciou iniciativas nas áreas de educação, saúde, mobilidade urbana e inovação. Na saúde, foi divulgada a expansão do Instituto do Cérebro do Rio Grande do Sul, o InsCer (maquete), que consolida o centro como referência na área da neurociência no Brasil e no exterior. Na mobilidade urbana, haverá a construção de uma ponte sobre o Arroio Dilúvio, em Porto Alegre, para facilitar o acesso ao Hospital São Lucas, e também melhorar o fluxo do trânsito na região leste de Porto Alegre. Com relação ao ensino, a universidade apresentou um novo prédio, no coração do Campus, totalmente voltado a metodologias inovadoras de ensino, além de espaços de convivência e estudo para os estudantes. No total, o aporte nos três projetos somará R$ 110 milhões. 

Iniciativa voltada ao ensino, à assistência e à promoção da saúde, de maneira integrada e multidisciplinar, a ampliação do InsCer é a primeira obra prevista do Campus da Saúde da PUCRS. Este ambiente congrega as Escolas de Ciências da Saúde e Medicina da PUCRS, com seis empreendimentos dedicados a essa área: além do InsCer, o Hospital São Lucas, o Parque Esportivo, o Centro de Reabilitação, o Centro Clínico e o futuro Healthcenter Care, um centro com serviços diferenciados voltados à saúde e ao bem-estar, que está em fase de desenvolvimento. “Com o Campus da Saúde, o paciente vai ter um atendimento completo. É uma mudança de modelo, de paradigma, com integração entre todas as unidades e circulação facilitada”, destaca Jaderson Costa da Costa, vice-reitor da PUCRS e diretor do InsCer. Serão investidos em torno de R$ 60 milhões na obra que conta com financiamento da Finep. Já iniciadas, as obras têm previsão de conclusão para abril de 2020 e irão triplicar o tamanho do Instituto. 

Com a nova estrutura, o Centro de Produção de Radiofármacos vai ter sua capacidade de desenvolvimento ampliada e todo o processo de produção destes novos produtos vai ocorrer dentro do InsCer, desde a pesquisa básica para descobrir novos biomarcadores, até a aplicação em pacientes. Denominado de Pesquisa Translacional, este ciclo de início, meio e fim vai ser dar em uma nova e ampla estrutura, totalmente focada nas pesquisas e no atendimento ao paciente. Estes novos produtos são voltados às doenças neurodegenerativas e oncológicas, que têm despertado grande interesse no mundo inteiro em função da expressiva ocorrência na população. Também estão previstos sete laboratórios altamente equipados que vão ser construídos e representam um avanço para as pesquisas translacionais, com espaços que favorecem a interação entre os pesquisadores. Os ambientes serão dedicados exclusivamente às pesquisas experimentais em neurociências, incluindo o Centro de Memória, onde atua o renomado pesquisador Ivan Izquierdo.

Por meio de um termo de compromisso firmado com a prefeitura de Porto Alegre, a PUCRS vai construir uma ponte no entorno das instalações da Universidade na avenida Ipiranga. A proposta é melhorar o fluxo de veículos, ciclistas e pedestres. Com previsão de término no primeiro semestre de 2019, a obra será edificada em frente ao Museu de Ciências e Tecnologia, dando acesso direto ao estacionamento do Hospital São Lucas, evitando que seja necessário o retorno junto à avenida Cristiano Fischer. Além das iniciativas voltadas à saúde e à mobilidade, a Universidade dá sequência às entregas do movimento PUCRS 360°, inseridas nos eixos Campus Repensado e Aprender Diferente, com um ambiente totalmente pensado para implementar metodologias inovadoras de ensino e que inclui também áreas de convivência localizadas no Prédio 15. Ao todo, são 16 salas de aula, sete grandes áreas de convivência/lazer e alimentação, uma arena, um auditório, centrais de informações e relacionamento e setores com serviços aos estudantes. Este complexo vai proporcionar novas metodologias de ensino-aprendizagem, bem como oferecer ambientes de lazer e descanso. Também dentro das celebrações dos 70 anos, a Universidade anunciou a meta de criar mil novas startups nos próximos 10 anos. O compromisso foi firmado na comemoração dos 15 anos do Tecnopuc, completados neste ano. 


leia também

A batalha da saúde na ótica do Moinhos - Mohamed Parrini, do Hospital Moinhos de Vento, diz que a chegada de grandes players coloca o setor “em ebulição"

À procura da saúde perdida - Eis que começam a chegar as faturas de quase seis décadas vividas longe de médicos

A responsabilidade da gestão é ainda maior na saúde - Para Pizzato, da Unimed POA, zika é reflexo de falta de planejamento

Agemed planeja expandir receita com franquias - Operadora de saúde catarinense deve abrir 30 novas agências neste ano

As limitações da meia-idade - O diabetes cruel não foi o preço pelo acerto no atacado da vida

Catarinense Agemed chega ao Paraná - Empresa terá unidade comercial em Curitiba

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: