Randon aumenta receita líquida em 43%

Empresa de Caxias do Sul faturou R$ 3 bilhões até setembro

Da Redação*

redacao@amanha.com.br

Randon aumenta receita líquida em 43%

A Randon (foto), empresa automotiva de Caxias do Sul, na Serra gaúcha, registrou aumento da receita líquida em 43% entre janeiro e setembro deste ano, segundo dados apresentados aos investidores nesta quinta-feira (8). O resultado no período acumulado foi de R$ 3 bilhões — contra R$ 2 bilhões no mesmo intervalo de tempo do ano passado. No terceiro trimestre, a companhia apresentou receita líquida de R$ 1,1 bilhão e lucro líquido de R$ 57 milhões (contra R$ 38 milhões entre julho e setembro de 2017). No acumulado, a empresa atingiu lucro líquido de R$ 176 milhões, superior ao mesmo período do ano passado, quando a empresa faturou R$ 91 milhões.

Apesar do resultado positivo, a Randon acredita que ainda tem espaço para crescer. “Ainda estamos longe dos picos de mercado que tivemos há alguns anos e o parque fabril brasileiro ainda tem capacidade disponível”, avalia Geraldo Santa Catharina, diretor de Relações com Investidores da companhia. “A Randon tem boa visibilidade de carteira para os próximos meses e a entrada de pedidos permanece positiva”, analisa o diretor, observando que na política, o novo governo eleito encontrará uma série de desafios pela frente, o que pede cautela adicional para o ano que vem.

Entre 2015 e 2017, a empresa precisou enxugar estruturas, registrou prejuízos sucessivos e demitiu mais de 1,5 mil funcionários. O fundo do poço foi em 2016, quando a empresa atingiu a marca de 6,4 mil funcionários. O quadro funcional atual conta com 10 mil empregados.

*Com reportagem de Italo Bertão Filho.


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: