Conteúdo Patrocinado

Procura por desenvolvimento comportamental cresce

Com 32 anos de atuação, CENEX já aperfeiçoou 7 mil profissionais

Com a velocidade exponencial do mundo corporativo, as empresas têm procurado programas de desenvolvimento alinhados às demandas e que efetivamente melhorem seus resultados. Esse é o principal motivo da multiplicação do número de universidades corporativas e de cursos sob medida para companhias no Brasil. Os números são da pesquisa “Educação Corporativa no Brasil”, realizada pela Deloitte no ano passado. De 2014 para cá, houve um crescimento de 42% na quantidade de companhias com equipes adeptas a essa prática e alta de 14% em empresas que oferecem universidades corporativas.

Mesmo em um período de orçamentos apertados, investir no desenvolvimento de profissionais é uma estratégia para fortalecer equipes. Para Paulo Amorim, CEO do Centro de Excelência Empresarial (CENEX), nesse momento estão surgindo diferentes modelos no campo da liderança, estruturas organizacionais e negócios, o que torna fundamental o aperfeiçoamento para atuar nesse novo cenário. “Mudança sempre tivemos, mas nessa velocidade, jamais. Ao invés de lutar contra o futuro, construir o seu próprio passa a ser a principal demanda. A busca por uma visão multidimensional e ampla de negócios e sociedade também deve estar na agenda dos líderes do amanhã”, define Amorim. 

Da neurociência a gameficação, as metodologias ativas de aprendizagem auxiliam na formação de lideranças prontas para os desafios de um mundo em constante mudança, aprimorando suas capacidades de criar soluções simples para problemas complexos, em contextos sociais e tecnológicos diferentes do atual. De olho nas transformações digitais, métodos como storytelling, teatro imersivo, futuro experiencial, além de realidade virtual e aumentada, são utilizados para envolver e trabalhar o autoconhecimento, a cooperação, o espírito de liderança e o mindset para a inovação. “Priorizarmos comportamentos e não somente a técnica quando falamos em desenvolvimento. Entendo ser este o caminho e o CENEX quer atuar como um Hub de Soluções, ajudando as organizações e pessoas a preparar-se para os desafios atuais e futuros. Assim, cumpriremos nossa missão, que é formar líderes que irão transformar a sociedade”, ressalta Amorim. 

Atuando desde 1986 no desenvolvimento de lideranças, os programas do CENEX já formaram cerca de 7 mil profissionais, entre CEOs, presidentes, diretores executivos, empresários empreendedores e líderes em geral. O Centro foi criado por um grupo de empresas gaúchas interessadas em preparar seus executivos para enfrentar os desafios da competitividade, com base científica e foco na formação comportamental, através do uso de metodologias contemporâneas de aprendizagem. Entre as marcas corporativas que sócias-mantenedoras estão Agrale, John Deere, CPMC, Todeschini, Grupo SLC, Dana, GKN, Marcopolo, Empresas Randon, Tintas Renner, Grupo Gerdau, Soprano e ThyssenKrupp.



leia também

Anima Educação chega ao Sul com a aquisição da Sociesc - A companhia arrematou a instituição de ensino catarinense por R$ 150 mi

Bilionários sem propósito - Muitos não estão prontos para o usufruto da fortuna, o que os leva a resvalar para o ridículo

Centenas de motivos para comemorar 2015 - A Egali Intercâmbio projeta alcançar R$ 100 milhões de faturamento

Eis as 50 cidades mais desenvolvidas do Sul - Firjan revela que Concórdia tem os melhores indicadores

Eis os comportamentos mais desagradáveis dos funcionários - Ninguém cresce profissionalmente sem ter um bom relacionamento

Indústria e educação: dois alicerces chineses - Gigante asiático trabalha para levar o desenvolvimento econômico ao interior

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: