Receita da Sanepar aumenta quase 8% até setembro

Companhia de saneamento do PR faturou R$ 3 bi no período

Da Redação*

redacao@amanha.com.br

Receita da Sanepar aumenta quase 8% até setembro

A Sanepar (foto) registrou resultados positivos no terceiro trimestre deste ano, conforme dados apresentados aos investidores na manhã desta quarta-feira (07) em Curitiba (PR). A receita líquida da companhia de saneamento do Paraná cresceu 3,6% em comparação com o mesmo período do ano passado, atingindo R$ 1,045 bi. No valor acumulado entre janeiro e setembro, a Sanepar faturou R$ 3 bilhões, representando uma variação positiva de 7,7%.

“Esse resultado decorre da diminuição dos custos da companhia, considerando a implantação do processo regulatório no ano passado”, afirmou Paulo Rogério Bragatto Battiston, diretor financeiro e de relações com os investidores da estatal paranaense. Para isso, a Sanepar diminuiu em quase 10% o total de funcionários, passando de 7.417 empregados para 7.038 empregados entre setembro de 2017 e setembro de 2018.

Apesar do volume maior de chuvas no primeiro semestre de 2018, o número de ligações aumentou no intervalo entre setembro do ano passado e setembro deste ano aumentou 1,9%, atingindo 3,1 milhões. A capital do estado, Curitiba, segue relevante para os resultados da companhia, representando 24,5% da receita total.

*Com reportagem de Italo Bertão Filho. 


leia também

Apesar da retração, Schulz conquista lucro - Empresa acumulou ganho de R$ 48 mi em 2015

As sandálias sempre novas da Grendene - Produtos lançados no último ano são responsáveis por 90% da receita

Banrisul alcança lucro de R$ 796 milhões até setembro - Valor é 48% maior em relação ao registrado no mesmo período de 2017

Banrisul lucra R$ 188 mi no primeiro trimestre - O resultado foi favorecido por receitas de serviços e tarifas

Banrisul lucra R$ 389,6 milhões no primeiro semestre - Valor é 14,6% maior do que o obtido no mesmo período de 2015

Banrisul soma ativos de R$ 68,9 bilhões até março - O desempenho reflete os efeitos da melhora do ambiente de risco

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: