A Black Friday chegou. O seu e-commerce está preparado?

A promoção é um imenso desafio para o comércio

Por Telium

A Black Friday está chegando. O seu e-commerce está preparado? Telium apresenta guia para aumentar as vendas na data promocional

A Black Friday está chegando e as lojas virtuais que ainda não estão preparadas para vencer os desafios precisam correr contra o tempo. Há muito a fazer para deixar toda a estrutura de tecnologia pronta e atender os usuários da melhor maneira possível. É importante frisar que para faturar bem nesse dia não basta apenas oferecer bons descontos. É preciso pensar em toda a experiência do usuário, desde a velocidade com que o site vai carregar no computador, as recomendações de compra até a segurança para efetuar o pagamento. Todo esse conjunto de obrigações faz da Black Friday um imenso desafio ao setor varejista. Mas o seu e-commerce está preparado para isso? Caso não, preparamos um guia onde você encontrará os principais pontos para que suas vendas fluam bem e nenhum cliente reclame de problemas depois.

Quem trabalha com e-commerce sabe que o comércio vive de sazonalidade. De tempos em tempos, surge alguma data ou motivação que fazem as pessoas comprarem mais. Dia das Mães, Dia dos Pais, Natal e 13º salário. São comemorações e oportunidades que sempre atraem compradores, fazendo o faturamento do comércio subir rapidamente. Porém, entre todas elas, a mais desafiadora é mesmo a Black Friday, afinal, ela ocorre em apenas um dia e todas as compras são feitas em um curto período de 24 horas. Enquanto isso, no Natal, por exemplo, as promoções começam mais de um mês antes da data. Esse tempo facilita a gestão do comércio e não sobrecarrega as lojas. Na Black Friday, a intensidade é imensa. Imagine vender mil refeições ao mesmo tempo em um restaurante onde cabem apenas cem pessoas! Essa é uma boa comparação com a Black Friday. Você terá que atender muito mais usuários do que está acostumado e isso pode causar prejuízos graves ao e-commerce. O pico da demanda começa e termina rapidamente. Eis, a seguir, apenas algumas das coisas que podem vir a acontecer.

Site lento: com muitos clientes acessando a página simultaneamente, é comum que o servidor não consiga dar conta do recado e fique muito lento. Isso irrita os consumidores que desistem da compra por simples impaciência.
Site quebrado: pior que a lentidão é um site quebrado. Se o servidor não suportar o volume de acessos, pode ocorrer uma quebra da página e o e-commerce simplesmente sai do ar.
Crescimento de fraudes: com as vendas em alta quem também aproveita para se dar bem são os piratas da internet. A quantidade de fraudes, como números de cartão de crédito falsos, tende a subir bastante.
Arranhão na imagem corporativa: o site pode ter se comportado bem até agora. Porém, se errar muito justamente na Black Friday, os clientes ficarão insatisfeitos e dispostos a darem avaliações ruins para a página.

Em resumo: vários problemas podem acontecer quando um e-commerce adere à Black Friday sem estar preparado. Abaixo, vamos entrar no item principal deste artigo e mostrar como é possível deixar o e-commerce afinado para o pico da demanda.


A Black Friday está chegando. O seu e-commerce está preparado? Telium apresenta guia para aumentar as vendas na data promocional

 Deixar uma loja virtual preparada para suportar o pico de acessos durante a Black Friday exige um trabalho coordenado entre diferentes áreas da empresa e de soluções em tecnologia. Veja abaixo as principais ações que devem ser colocadas em prática.

Previsão da demanda
Mensure bem o número de visitantes que provavelmente acessarão a página. Faça isso tendo como base as datas anteriores, o número de produtos com desconto e a publicidade que você dará às promoções. Com a estimativa certeira, será possível garantir uma experiência melhor para todos os visitantes.

Defesa contra ataques cibernéticos
Muitos servidores e serviços cloud oferecem pacotes com produtos que dão segurança extra aos sites. Podem ser antivírus, backups, suporte 24 horas ou sistemas de monitoramento em tempo real.Essas são opções úteis durante picos de demanda e não há necessidade de perder muito tempo elaborando estrutura de segurança própria. Afinal, a segurança de dados é um ponto vital para qualquer empresa e a tarefa exige prioridade.

Testes no sistema
Uma das melhores formas de conferir se o e-commerce está realmente preparado para o pico de movimento é simulando uma Black Friday. Não deixe de pedir para que sua equipe de TI faça testes sistemáticos. Simular o aumento de acessos e vivenciar a jornada de compras oferece excelentes insights e oportunidades de melhoria. Dessa forma, o e-commerce estará melhor preparado para encarar o aumento de acessos e de compras.

Flexibilidade da capacidade do servidor

A principal dor de cabeça na Black Friday é saber se o servidor irá aguentar a pressão. Esse problema, porém, não é tão complexo de resolver. Muitos fornecedores oferecem “capacidade elástica”, ou seja, ela aumenta ou diminui, de acordo com o número de acessos. É que o site pode saltar de mil visitas por dia para 10 mil visitas diárias sem haver qualquer prejuízo ao usuário. Isso porque a elasticidade da nuvem incrementa a capacidade do servidor sempre que detecta o aumento da demanda. Nesse modelo de negócio, o pagamento é feito pelo número de visualizações. É uma excelente opção e reduz bastante o investimento que seria necessário para suportar a procura apenas na Black Friday. Outra boa opção é ter um servidor dedicado. Nessa alternativa, a empresa contratada manterá um espaço no servidor exclusivo para o uso do e-commerce. Isso melhora a performance e velocidade de carregamento do site.

Monitoramento em tempo real
Para saber se está tudo dentro do planejado, é importante manter uma equipe monitorando o desempenho do site em tempo real ao longo da Black Friday. Além dos técnicos, é importante também destacar o pessoal do suporte. Afinal, são eles que analisam as reclamações, sugestões e detectam oportunidades de melhoria. Caso o site enfrente problemas técnicos, certamente haverá alguma reclamação dos usuários, que serão prontamente percebidas pela equipe de suporte.

Deixar o e-commerce preparado para o pico de demanda durante a Black Friday é realmente um grande desafio, mas você pode deixar tudo pronto a tempo se seguir as dicas acima. Aproveite e conheça um pouco mais das vantagens em contratar um servidor dedicado.

leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: