Klabin tem prejuízo de R$ 726 milhões até setembro

Porém, empresa projeta números melhores para o fim do ano

Da Redação*

redacao@amanha.com.br

Klabin tem prejuízo de R$ 726 milhões até setembro

No acumulado entre janeiro e setembro, a Klabin (foto) obteve prejuízo de R$ 726 milhões, segundo resultados apresentados nesta terça-feira (30) aos investidores. A companhia, que tem unidade fabril em Ortigueira, no Paraná, credita o valor negativo à greve dos caminhoneiros, ocorrida entre maio e junho. Apesar disso, conseguiu reverter o montante no terceiro trimestre, quando atingiu lucro líquido de R$ 104 milhões — no segundo trimestre, o prejuízo havia sido de R$ 955 milhões. 

A valorização do preço e da demanda pela produção de celulose no mercado internacional impulsionou a receita líquida da Klabin, que chegou a R$ 2,8 bilhões entre julho e setembro, uma elevação de 26% quando comparado com o mesmo período no ano passado. “O terceiro e quarto trimestres representam bom momento da economia com os preparos para as festividades garantindo volume de exposição alto, mas claro que moderadamente em função da recuperação econômica", afirma Cristiano Teixeira, diretor-geral da Klabin.

A Klabin também atingiu valor recorde do Ebitda, o resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na história da companhia: R$ 1,2 bilhão. O valor é 66% maior que o alcançado no mesmo intervalo de tempo no ano passado. Outro resultado comemorado pela empresa foi o volume de produção recorde do Projeto Puma desde o começo de sua operação: 404 mil toneladas de celulose. No terceiro trimestre, a Klabin também aumentou seus investimentos, que passou de R$ 193 milhões no trimestre anterior para R$ 253 milhões. Contudo, no acumulado do ano, a empresa manteve o valor estável em relação ao exercício anterior, com variação de menos de 1%, tendo aportado R$ 676 milhões até setembro. 

*Com reportagem de Italo Bertão Filho.


leia também

As empresas que perderam mais de R$ 1 bi na bolsa - Klabin, Braskem e Weg estão na lista da Economatica, com base em junho

Citi divulga carteira de ações para novembro - Corretora retirou papéis da JBS e incluiu os da Raia Drogasil

Cristiano Teixeira presidirá a Klabin - Executivo ingressou na companhia em 2011

Fabio Schvartsman presidirá a Vale - CEO dirige a Klabin, empresa que tem fábricas no PR e em SC

Klabin acumula lucro no segundo trimestre - Resultado já reflete o início de operação da fábrica paranaense

Klabin compra a paranaense Embalplan Embalagens - Fabricante de papéis também anunciou a aquisição da Hevi

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: