Comandante Moisés é eleito governador de SC. Eduardo Leite governará o RS

Candidato do PSL venceu a disputa catarinense com 71% dos votos. No RS, representante do PSDB liderou com 53,5%

Da Redação, com Agência Brasil

redacao@amanha.com.br

Comandante Moisés é eleito governador de SC. Eduardo Leite governará o RS

Eleitores catarinenses e gaúchos voltaram às urnas para escolherem os próximos governadores. Em Santa Catarina, o candidato Comandante Moisés (PSL) venceu a disputa ao obter 71,09% dos votos válidos. O atual deputado Gelson Merísio (PSD) ficou com 28,91% dos votos. Os votos brancos somam 3,6% e os nulos, 8,1%. A abstenção está em 16,8%.

O futuro governador catarinense obteve 29,72% dos votos no primeiro turno. Correligionário do candidato à Presidência Jair Bolsonaro, Comandante Moisés (na foto, à esquerda) se filiou ao PSL no início do ano e disputa sua primeira eleição. Ele é coronel da reserva e tem mais de 30 anos de atuação no Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, em Florianópolis, Criciúma e Tubarão. Foi comandante de organizações dos bombeiros e ouvidor-adjunto da corporação, além de coordenador da Defesa Civil no estado. Mestre em Direito pela Universidade do Sul, foi professor de direito administrativo e constitucional.

O candidato Eduardo Leite (PSDB) venceu a disputa para o governo do Rio Grande do Sul, com 53,62% dos votos válidos. O atual governador José Ivo Sartori (MDB) ficou com 46,38% dos votos. Os votos brancos somam 4,41% e os nulos, 9,48%. A abstenção foi de 18,87%.

O futuro governador gaúcho teve 35,9% dos votos no primeiro turno. Com discurso de renovação na política, Leite (na foto, à direita) foi eleito em 2012 o mais jovem prefeito de Pelotas, onde também exerceu mandato de vereador. Nas eleições municipais de 2016, decidiu não concorrer à reeleição e lançou a candidatura de sua vice. Ao concluir o mandato de prefeito, foi para o exterior estudar, mas voltou ao país para assumir a presidência estadual do PSDB, quando passou a percorrer o estado e fazer reuniões. Eduardo Leite tem 33 anos e é formado em Direito.

Paraná
O candidato Ratinho Júnior, do PSD, venceu a disputa para o governo do Paraná ainda no primeiro turno, com 59,9% dos votos válidos. Filho do apresentador de televisão Carlos Massa, o Ratinho, estreou na política com 21 anos, quando foi eleito deputado estadual pelo PSB, no Paraná. Em 2006, concorreu a deputado federal, pelo PPS, e conquistou uma vaga na Câmara Federal. Foi reeleito em 2010, dessa vez, filiado ao PSC. Dois anos depois, tentou, sem sucesso, ser prefeito de Curitiba. Após a derrota, voltou a atuar na capital paranaense: foi secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, no primeiro governo de Beto Richa (PSDB). Em 2014, elegeu-se deputado estadual, com mais de 300 mil votos, a maior votação do Paraná. Durante o mandato na Assembleia Legislativa, assumiu novamente a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, mas tenta se desvincular politicamente do ex-governador. Natural de Jandaia do Sul, tem 37 anos. É formado em Propaganda e Marketing pela Faculdade Internacional de Curitiba e pós-graduado em Direito do Estado pela Universidade Católica de Brasília.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: