Ratinho Junior governará o Paraná. SC e RS decidirão em segundo turno

Merísio e Comandante Moisés disputarão votos dos catarinenses. Gaúchos escolherão entre Leite e Sartori

Da Redação, com Agência Brasil

redacao@amanha.com.br

Ratinho Junior governará o PR. SC e RS decidirão em segundo turno

O candidato Ratinho Júnior (foto), do PSD, venceu a disputa para o governo do Paraná, com 59,9% dos votos válidos. A atual governadora Cida Borghetti (PP) ficou em segundo lugar, com 15,5% dos votos válidos. Filho do apresentador de televisão Carlos Massa, o Ratinho, estreou na política com 21 anos, quando foi eleito deputado estadual pelo PSB, no Paraná. Em 2006, concorreu a deputado federal, pelo PPS, e conquistou uma vaga na Câmara Federal. Foi reeleito em 2010, dessa vez, filiado ao PSC. Dois anos depois, tentou, sem sucesso, ser prefeito de Curitiba. Após a derrota, voltou a atuar na capital paranaense: foi secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, no primeiro governo de Beto Richa (PSDB). Em 2014, elegeu-se deputado estadual, com mais de 300 mil votos, a maior votação do Paraná. Durante o mandato na Assembleia Legislativa, assumiu novamente a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, mas tenta se desvincular politicamente do ex-governador. Natural de Jandaia do Sul, tem 37 anos. É formado em Propaganda e Marketing pela Faculdade Internacional de Curitiba e pós-graduado em Direito do Estado pela Universidade Católica de Brasília.

Os candidatos Gelson Merísio (PSD) e Comandante Moisés (PSL) disputarão o segundo turno das eleições para o governo de Santa Catarina, no próximo dia 28 de outubro. Com 100% das urnas apuradas, eles obtiveram 31,1% e 29,7% dos votos válidos, respectivamente. Merísio começou cedo na política, sendo eleito vereador em Xanxerê (SC). Em 2002 ficou na suplência de deputado estadual pelo estado, assumindo o mandato no final da legislatura. Em 2006, 2010 e 2014, foi reeleito para a Assembleia Legislativa, que presidiu por duas gestões. Formado em Administração, Merísio tem 52 anos. Impulsionado na disputa eleitoral pela candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência, Comandante Moisés é coronel da reserva do Corpo de Bombeiros Militar. Esta é a primeira eleição que o candidato, de 51 anos, concorre.

Os candidatos Eduardo Leite (PSDB) e José Ivo Sartori (MDB) disputarão o segundo turno das eleições para o governo do Rio Grande do Sul, no dia 28 de outubro. Eduardo Leite obteve 35,9% dos votos válidos e o atual governador que tenta a reeleição, José Ivo Sartori, obteve 31,1%. O ex-ministro Miguel Rossetto (PT) ficou em terceiro lugar, com 17,7%.


leia também

500 MAIORES DO SUL terá transmissão ao vivo - Cerimônia terá presenças de Leite, Comandante Moisés e Ratinho Junior

App deve reduzir pela metade custo de transporte dos servidores do PR - TaxiGov começa a ser usado nesta semana e carros serão remanejados para Saúde e Segurança

Daniel Slaviero presidirá a Copel - Executivo é atual diretor de Rede do SBT

Federasul projeta 2019 positivo para economia - Entidade propõe nova postura para políticos e empresários

Governadores do Sul elegem eficiência como missão - Ratinho Jr, Moisés e Leite destacaram desafios que terão de enfrentar

Governo do PR terá programa de Integridade e Compliance - O objetivo é garantir o cumprimento de todas as regras

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: