Receita global da PwC atinge recorde de US$ 41,3 bilhões

Unidade brasileira espera retomada da economia a partir de 2019

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Receita global da PwC atinge recorde de US$ 41,3 bilhões

A rede global de firmas PwC (foto) registrou receita bruta de US$ 41,3 bilhões no ano fiscal encerrado em 30 de junho de 2018 – um crescimento de 10% em relação ao ano fiscal anterior (em taxa de câmbio constante). Com o resultado, a PwC – que é a responsável técnica pelo ranking 500 MAIORES DO SUL, publicado por AMANHÃ – atingiu 21 anos seguidos de crescimento de receitas. 

Todas as regiões registraram aumento de receita, sendo que a Ásia se destacou com 15% de crescimento. Oriente Médio e África também tiveram aumento significativo, de 12%. Já a Europa Ocidental teve um crescimento mais forte em relação ao ano anterior e alcançou 6%. Na Europa Oriental e Central, as receitas subiram 10%. Na Australásia e no Pacífico, o crescimento da receita foi de 7% e nas Américas do Norte, Central e Sul, o crescimento foi de 4%. “Esse crescimento impressionante se deve ao nosso foco no mercado e ao trabalho árduo, profissionalismo e dedicação dos 250 mil funcionários que continuam a se desenvolver e inovar para atender às necessidades, em constante evolução, de nossos stakeholders em todo o mundo”, afirma Bob Moritz, chairman global da PwC. 

Para Fernando Alves, CEO da PwC Brasil, independentemente do resultado das urnas, a eleição do novo presidente deve contribuir para a redução das incertezas associadas às decisões de investimento no Brasil. “Com isso, esperamos uma retomada do crescimento econômico do país a partir de 2019, após um período de quatro anos que combinou forte recessão e baixo crescimento. Nesse contexto, acreditamos que investir em inovação, tecnologia e pessoas é o caminho para nos prepararmos para o futuro e para a recuperação da economia brasileira. É o que temos feito na PwC Brasil, com a admissão no último ano fiscal de 31 novos sócios”, projeta.   


leia também

FMI: economia crescerá mais fortemente em 2017 - Lagarde fez previsões em artigo para o jornal alemão Handelsblatt

500 MAIORES DO SUL completa 25 anos - Elaborado por AMANHÃ e PwC, ranking aponta as grandes empresas do Sul

500 MAIORES DO SUL homenageia empresas da região - Festa de premiação do ranking de AMANHÃ e PwC será no dia 5 de novembro, em Porto Alegre

500 MAIORES DO SUL reúne companhias da região - Festa de premiação de AMANHÃ e PwC congregou líderes empresariais

A medida da importância - A publicidade devia se preocupar mais com o retorno para os anunciantes, e não para o país

Agricultura 4.0 na mira da Stara - Gilson Trennepohl foi um dos agraciados em 500 MAIORES DO SUL

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: