Confiança do comércio retrai de agosto para setembro

Donos de lojas estão preocupados com os rumos da economia

Por Agência Brasil

redacao@amanha.com.br

Donos de lojas estão preocupados com os rumos da economia

O Índice de Confiança do Comércio, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), caiu 1,2 ponto de agosto para setembro e chegou a 88,7 pontos em uma escala de zero a 200. Com o resultado, o indicador atingiu o menor patamar desde agosto do ano passado (84,4 pontos). A queda da confiança em setembro ocorreu entre empresários de nove dos treze segmentos do comércio pesquisados pela FGV.

O recuo do indicador foi provocado por uma menor confiança no futuro, já que o Índice de Expectativas caiu 2,4 pontos, chegando a 92,2, influenciado pela piora do indicador de tendência dos negócios nos seis meses seguintes. O Índice de Situação Atual, que mede a confiança no momento presente, ficou estável em 85,7 pontos, após quatro quedas consecutivas. Segundo o coordenador da pesquisa, Rodolpho Tobler, a queda do Índice de Confiança parece refletir a incerteza em relação ao ritmo esperado para a economia nos últimos meses do ano. Os resultados, de acordo com Tobler, mostram que os empresários ainda estão preocupados com o rumo da economia.


leia também

A China é economia de mercado, quer queiramos ou não - Não podemos imaginar que ganharemos algo confrontando a maior economia do mundo com argumentos frágeis

A China rural não existe mais - A mudança do modelo de crescimento econômico continuará elevando as demandas do país mais populoso do mundo

A luz no final do túnel é um trem chinês - O país de proporções gigantescas mantém a estratégia de crescer

A nova ambição do encantador de clientes - Galló anuncia missão de ser “o maior varejo de moda das Américas”

Acredite: até o lucro da Renner caiu - Clima e recessão fizeram resultado ter queda de 10,5%

Atividade econômica do Sul cai 2,5% em 2015 - Queda foi puxada por desempenho negativo do comércio e da indústria

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: