Mulheres não são tão confiantes quanto os homens na hora de investir

Ler pode reforçar o conhecimento

Por Infomoney

Mulheres não são tão confiantes quanto os homens na hora de investir

Na hora de investir as mulheres não são tão confiantes quanto os homens e isso pode trazer algumas vantagens como não adotar práticas negativas (concentrar-se em um uma só ação, por exemplo) e a aceitação mais fácil quando enfrenta algum erro e perda em seus investimentos. Contudo, essa falta de confiança pode refletir índices alarmantes quanto ao papel das mulheres no mundo dos investimentos.

Em reportagem do site Market Watch, redigida por Sally Brandon, a explicação pela qual as mulheres se dizem desconfortáveis na hora de investir é, além da insegurança, a falta de conhecimento. Das mulheres abordadas pela 2015 Fidelity Survey, 92% gostariam de aprender mais sobre planejamento financeiro e 75% sobre investimentos.

No escuro
As investidoras claramente querem informação, mas a pesquisa concluiu que 65% delas não se mostram tão abertas para discutir assuntos financeiros com amigos e parentes. Elas preferem conversar sobre saúde e problemas no trabalho. Falar de dinheiro pode ainda parecer um tabu, mas é preciso quebrá-lo para sair do escuro. Procurar ajuda especializada pode ser uma saída na hora de aprender onde e como investir, além dos melhores fundos e aplicações para cada perfil de investidora. Confira, a seguir, algumas dicas valiosas para que as mulheres possam ter mais segurança na hora de optar por algum investimento.

Leia, leia, leia
Ler é uma das melhores formas de reforçar o conhecimento inicial. Há centenas de livros por aí, desde os ABCs do investimento até tópicos mais específicos que relacionam a mulher e o dinheiro. Na internet, pesquise blogs e sites que expliquem termos do mercado financeiro para que as siglas tão recorrentes nesse tipo de assunto possam começar a fazer algum sentido.

Participe de um grupo de investimento
Algumas mulheres optam pelo estilo “aprendendo conforme as coisas fluem” e se juntam em grupos de investimento. Além de dar a chance de pesquisar empresas e de investir cooperativamente, trabalhar em equipe também dá a oportunidade de discussões e exposições de dúvidas e preocupações que todos possam ter.

Frequente seminários
Muitas empresas, centros comunitários e programas de educação continuada oferecem workshops ou seminários sobre investimento e controle financeiro.

Procure ajuda profissional
Encontrar um conselheiro de investimentos que ouça e explique de tudo, desde composição de fundos até índice de taxas, pode ser algo valioso.

leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: