Paranaense Gaslog quer se aproximar de Santa Catarina

Empresa também pretende expandir para o Sudeste até 2023

Da redação

redacao@amanha.com.br

Paranaense Gaslog quer se aproximar de Santa Catarina

Mesmo com a retração econômica, a paranaense Gaslog viu seu rendimento líquido saltar dos R$ 24,1 milhões, em 2015, para R$ 42,1 milhões no ano passado. O salto é fruto do recente reposicionamento de marca com o objetivo de intensificar os negócios em Santa Catarina e Paraná, além de planejar a entrada no Sudeste nos próximos cinco anos. Para isso, a empresa prevê um investimento futuro de aproximadamente R$ 2,1 milhões. Atuante, desde 2004, no mercado de distribuição de gás liquefeito de petróleo (GLP) a granel, a Gaslog faz parte da holding Ergon atualmente.

A partir do reposicionamento, o faturamento aumentou 75% em comparação com o período anterior às mudanças. “Investimos em treinamento da equipe, em nova identidade visual, em melhorar nosso atendimento pós venda, na comunicação direta sem intermediários e no compromisso com o cliente”, conta Wolney Pereira, CEO da Gaslog. Ainda nesse ano, o plano é aumentar em 30% a representatividade em Santa Catarina, focando nas regiões de Florianópolis, Vale do Itajaí, Blumenau e Joinville. Para atender às novas praças, foram investidos R$ 4,2 milhões em veículos como novos caminhões abastecedores para otimizar a distribuição. 


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: