A dourada e rica Lily Safra

STF reverte decisão da 7ª Vara Cível de Curitiba que proibia a venda da biografia da viúva mais rica do mundo

Marco Antonio Birnfeld, Espaço Viital

A dourada e rica Lily Safra

A decisão do STF permitindo a publicação de biografias desfez, entre outras proibições, uma que, desde 2013, vedava a venda no Brasil da versão eletrônica da edição americana de "Gilded Lily" (A Dourada Lily). Na biografia, a jornalista canadense Isabel Vicent conta a vida da gaúcha Lily Watkins e seus quatro maridos. O segundo, dono do Ponto Frio, suicidou-se. O quarto, o banqueiro Edmond Safra, morreu asfixiado no banheiro de seu apartamento em Monte Carlo em 1999.

Em 2013, a 7ª Vara Cível de Curitiba proibiu a venda do original em inglês no Brasil, mesmo em versão digital. Aos 80 anos, Lily Safra é a viúva mais rica do mundo e dedica-se à filantropia. A revista IstoÉ desta semana estima que a fortuna de Lily seja de US$ 1,2 bilhão. Isso que ela já doou mais de US$ 200 milhões e em 2012 leiloou 70 peças de sua caixa de joias e distribuiu todo o dinheiro a entidades carentes. Se as livrarias eletrônicas aproveitarem a liberação dada pelo STF, os brasileiros poderão baixar "Gilded Lily" (em inglês) por US$ 11,79.



leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Américo Uhima

God bless Lily!

Comentar

Adicione um comentário: