Odebrecht negocia venda da Braskem para a LyondellBasell

O negócio pode girar em torno de R$ 41,5 bilhões

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Odebrecht negocia venda da Braskem para a LyondellBasell

A Odebrecht negocia a venda da totalidade sua participação na Braskem (foto) para a LyondellBasell, da Holanda. A informação foi comunicada nesta sexta-feira (15) pela petroquímica, que negocia ações em bolsa. 

A Braskem é controlada pela Odebrecht, que possui 50,1% das ações com direito a voto. A Petrobras possui 47% do capital votante da petroquímica. Segundo a Odebrecht, as negociações estão em estágio preliminar e foi concedida exclusividade à LyondellBasell no âmbito das tratativas, que são regidas por acordo de confidencialidade.

O documento revela que a conclusão da transação está sujeita, dentre outras condições, adue diligence, negociação dos contratos definitivos e obtenção das aprovações societárias, não existindo, nesta data, qualquer obrigação vinculante entre LyondellBasell e Odebrecht, nem garantia de que as tratativas resultarão em uma aquisição. De acordo com informações do jornal Valor Econômico, o negócio pode girar em torno de R$ 41,5 bilhões (ou cerca de US$ 11 bilhões).


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: