Greve custará R$ 15 bilhões para a economia

Estimativas são do Ministério da Fazenda

Por Agência Brasil

redacao@amanha.com.br

Greve dos caminhoneiros custará R$ 15 bi para a economia, estima Ministério da Fazenda

Os dez dias de greve dos caminhoneiros custarão R$ 15 bilhões para a economia, o equivalente a 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país), informou o Ministério da Fazenda. De acordo com a pasta, o ministro Eduardo Guardia repassou a estimativa em reunião com investidores em São Paulo. Por causa da paralisação, a previsão oficial de 2,5% de crescimento do PIB para este ano poderá ser revista para baixo. O número só será divulgado no fim de julho, e o ministro não informou mais detalhes.

Na última edição do boletim Focus, pesquisa com instituições financeiras divulgada todas as semanas pelo Banco Central, os analistas de mercado estimavam que a economia crescerá apenas 1,94% em 2018. Essa foi a sexta semana consecutiva de queda nas projeções. Há um mês, a projeção estava em 2,51%.

O ministro não informou o impacto que a greve dos caminhoneiros terá sobre a inflação, por causa da escassez de alimentos e da alta temporária do preço dos combustíveis provocadas pela paralisação. Segundo o boletim Focus, a previsão das instituições financeiras para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 3,65% para 3,82% em 2018. As projeções do Ministério da Fazenda para a inflação também só serão divulgadas no fim de julho.


leia também

Agroindústrias do PR e de SC retomam atividades - BRF já tem plantas funcionando. Armazenadoras de grãos do PR também

ANP: política de preços continuará sendo livre - Afirmação foi feita por Décio Oddone, diretor-geral da agência

Cade propõe medidas para reduzir preço do combustível - Sugestões envolvem questões regulatórias e tributárias

Cade: tabelar frete pode levar à formação de cartel - A fixação dos preços foi uma reivindicação dos caminhoneiros

Celulose Riograndense suspende produção em Guaíba - Perda é estimada em 6 mil toneladas de celulose ao dia

Ciergs entra com ação pedindo fim de bloqueio das estradas - Centro das Indústrias vê danos à economia e à população

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: