Mercado prevê alta de 1,9% no PIB e inflação de 3,8%

A estimativa para a cotação do dólar permanece em R$ 3,50

Por Agência Brasil

redacao@amanha.com.br

Mercado prevê alta de 1,9% no PIB e inflação de 3,8%, divulga Focus

A estimativa do mercado financeiro para o crescimento da economia continua em queda, enquanto a projeção para a inflação sobe. De acordo com o Boletim Focus, publicação divulgada na internet todas as semanas pelo Banco Central (BC), a projeção para a expansão da economia passou de 2,18% para 1,94%. Essa foi a sexta redução seguida. Até a previsão de crescimento do PIB para 2019, que permanecia inalterada há 18 semanas seguidas, foi ajustada de 3% para 2,8%, no boletim divulgado nesta segunda-feira (11).

A previsão para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu de 3,65% para 3,82% este ano, no quarto aumento seguido. Para 2019, a projeção foi ajustada de 4,01% para 4,07%. Mesmo assim, a expectativa para a inflação permanece abaixo da meta, que é 4,5%, com limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2019, a meta é 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%.

Para o mercado, a Selic deve permanecer em 6,5% ao ano até o fim de 2018 e subir ao longo de 2019, encerrando o período em 8% ao ano. Na semana passada, com a disparada dos juros futuros e do dólar, que chegou a superar R$ 3,90, investidores consideraram a possibilidade de o Copom elevar a taxa Selic, mesmo com a inflação abaixo do centro da meta e a economia em recuperação. Entretanto, o presidente do BC, Ilan Goldfajn, descartou a possibilidade de usar a Selic para interferir no câmbio, mas apenas para controlar a inflação. 

Na quinta-feira passada (7), o BC anunciou uma intervenção mais forte no mercado de câmbio. Com isso, o dólar comercial fechou a sexta-feira (8) cotado a R$ 3,706, queda de 5,59%. O movimento interrompeu três altas seguidas ao longo da semana, e ocorreu um dia depois de a moeda norte-americana ter fechado o pregão ao valor R$ 3,926 – a maior cotação desde março de 2016. A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar permanece em R$ 3,50, tanto para o fim deste ano quanto para o final de 2019.


leia também

Estimativa do mercado para inflação sobe para 4,15% - A previsão para o PIB foi ajustada de 1,5% para 1,49%

Focus: estimativa de inflação cai pela quinta vez - A projeção para o IPCA passou de 2,83% para 2,78%

Focus: estimativa para inflação tem ligeira alta - Mercado ajustou a projeção do IPCA de 2,95% para 2,98%

Mercado aumenta estimativa de inflação para 3,5% - Agentes econômicos reduziram a projeção para o PIB

Mercado aumenta estimativa de inflação para 4,03% - A projeção para a expansão do PIB permaneceu em 1,55%

Mercado aumenta projeção para a inflação pela oitava vez - A estimativa para a expansão do PIB caiu de 1,55% para 1,53%

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: