BC: crédito está em trajetória gradual de recuperação

Oferta está disseminada para famílias e empresas

Por Agência Brasil

redacao@amanha.com.br

Banco Central afirma que crédito está em trajetória gradual de recuperação

O crédito está se recuperando de forma gradual, segundo avaliação do chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central (BC), Fernando Rocha. Em abril, o saldo de todas as operações de crédito concedido pelos bancos ficou em R$ 3,09 trilhões, com crescimento de 0,3% no mês. No ano, o saldo do crédito ficou estável e, em 12 meses, houve crescimento de 0,6%.

“O saldo total de crédito vinha em queda desde agosto de 2016 e teve a primeira variação positiva em março [expansão de 0,1%, em 12 meses]. Agora, o crescimento pelo segundo mês consecutivo parece ratificar essa trajetória [de recuperação]”, avaliou Rocha. Ele afirmou que o “desempenho positivo” está disseminado entre as modalidades de crédito para famílias e empresas, com exceção do crédito direcionado (empréstimos com regras definidas pelo governo, destinados, basicamente, aos setores habitacional, rural e de infraestrutura) para pessoas jurídicas.

Em 12 meses, o crédito livre chegou a R$ 1,6 trilhão, com crescimento de 4,9% em 12 meses. Já o crédito direcionado apresentou recuo de 3,6% nesse período, chegando a R$ 1,4 trilhão. A queda veio das empresas (12,1%), enquanto para as famílias houve crescimento (4,9%). Sobre o efeito da greve dos caminhoneiros, Rocha declarou que é um “ponto de incerteza” para o desempenho do mercado de crédito. “Foi apresentada uma proposta do governo. Pelo que ouvi na imprensa, a reação foi favorável. Temos de ver o que acontece”, finalizou.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: