Economia do Sul avança 0,5% no trimestre finalizado em fevereiro

Em doze meses, o IBCR-S acumula crescimento de 2,7% sobre igual período do ano anterior

Por Agência Brasil

redacao@amanha.com.br

Economia do Sul avança 0,5% no trimestre finalizado em fevereiro, informa Banco Central

Após dois trimestres com acentuada oscilação dos indicadores econômicos setoriais, o Sul registrou, no trimestre encerrado em fevereiro, recuperação consistente da atividade evidenciado pelos desempenhos do comércio, da indústria e do setor de serviços e, em menor grau, pela agricultura, em meio ao início do período de colheita das safras de verão. Esses resultados impactaram favoravelmente a evolução do mercado de trabalho formal, que criou 11,8 mil postos, ante extinção de 25,7 mil no mesmo período de 2017. 

Nesse contexto, o Índice de Atividade Econômica Regional – Sul (IBCR-S) avançou 0,5% no trimestre finalizado em fevereiro, ante 0,2% no trimestre encerrado em novembro, dados dessazonalizados. Em doze meses até fevereiro, o IBCR-S acumulou crescimento de 2,7% sobre igual período do ano anterior. Os dados fazem parte do Boletim Regional – publicação trimestral do Banco Central cujo objetivo é trazer uma visão das regiões do país a partir de dados e indicadores econômicos. 

“A recuperação do mercado de trabalho, aliada à manutenção da inflação baixa e aos efeitos defasados do atual ciclo de política monetária, deverão seguir repercutindo positivamente sobre a atividade econômica na região”, prevê o BC. 


leia também

Atividade econômica tem alta de 0,57% em julho - Esse foi o segundo mês seguido de crescimento, de acordo com dados revisados pelo BC

Economia do Sul recua 1,5% no trimestre encerrado em maio - Resultado refletiu o impacto da greve dos caminhos

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: