Parati inicia expansão da fábrica de São Lourenço do Oeste

Com investimento de R$ 215 milhões, o empreendimento deve gerar mais de 200 empregos diretos em Santa Catarina

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Parati inicia expansão da fábrica de São Lourenço do Oeste, em Santa Catarina

A Parati fez nesta quarta-feira (18), em São Lourenço do Oeste (SC), o lançamento da pedra fundamental que marca o início da expansão das instalações da fábrica, pertencente à multinacional Kellogg Company. Com investimento de R$ 215 milhões, o empreendimento deve gerar mais de 200 empregos diretos. A nova planta ocupará uma área de 22.850 metros quadrado. A construção ocorrerá este ano e a produção está programada para começar em 2019. A empresa produz, na cidade catarinense, biscoitos doces e salgados, barras de cereais, sucos em pó, massas e cereais, entre outros, e emprega aproximadamente 1,7 mil pessoas. 

“Estamos muito entusiasmados com esta oportunidade. Embora a Kellogg e a Parati tenham se unido há apenas 16 meses, a Kellogg está no país há mais de 50 anos. Nós construímos um negócio sólido e hoje alcançamos mais de 15 milhões de lares brasileiros a cada ano com nossos produtos. Com a aquisição da Parati em 2016, estamos expandindo nossa escala e categorias, bem como nos preparando para o futuro crescimento”, destacou Steve Cahillane, CEO da Kellogg Company.

Entre os benefícios concedidos pelo governo catarinense estão o Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec) e o Pró-Emprego. O Prodec é coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), concede incentivo a implantação ou expansão de empreendimentos industriais, que vierem a produzir e gerar emprego e renda em Santa Catarina. Já o Pró-Emprego, operacionalizado pela Secretaria de Estado da Fazenda (SEF), confere tratamento tributário diferenciado do ICMS, destinando-se a incentivar empreendimentos considerados de relevante interesse socioeconômico.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: