Rio Grande do Sul ganha nova emissora de TV

Rede Digital de Comunicação quer valorizar conteúdo local

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Leonardo Machado, Diretor Financeiro do Grupo IEX

A partir de junho, os gaúchos terão como opção assistir a programação da Rede Digital de Comunicação – RDCTV. A meta é criar uma emissora de conteúdo local, com uma plataforma digital integrada para potencializar o crescimento do acesso aos conteúdos ofertados. A grade contará inicialmente com aproximadamente 20 programas, próprios e independentes, em áreas como economia, política, esportes, variedades, saúde, agrobusiness e infantil.  "Nosso objetivo é construir uma plataforma de comunicação que oportunize a geração de conteúdo regional, tendo em vista que as grandes emissoras já oferecem o conteúdo nacional. Estaremos focados no estado e nossa preocupação é o telespectador gaúcho" diz Leonardo Machado, Diretor Financeiro do Grupo IEX, e responsável pelo processo de implantação da nova emissora. 

A ideia surgiu há cerca de três anos e avançou a partir da identificação de duas oportunidades: a carência em relação ao tempo disponível para programação local oferecido pelos cinco grandes players do mercado; e a possibilidade de integração dos conteúdos com plataformas digitais, baseada no modelo americano, que potencializa a comunicação nas redes. A mídia poderá ser veiculada ao vivo ou no Youtube, em formatos que ainda estão sendo construídos e que reforçam um claro posicionamento do negócio. "Chegamos com um diferencial de inteligência, qualidade e mercado. Além disso, a plataforma integradora de conteúdo nos diferencia em termos de TV por assinatura", afirma Machado. O executivo afirma que a emissora surge como uma plataforma integradora, geradora e distribuidora de conteúdo focada só no Rio Grande do Sul, por essa razão não será concorrente dos cinco grandes players do mercado de comunicação gaúcho. 

A RDCTV é um investimento da IEX Empreendimentos e Participações, holding criada em 2009, que conta com um diversificado portfólio de investimentos. O grupo foi criado em 2009 pelos advogados Márcio Irion e Tiago Esmeraldino com o objetivo de focar na administração de ativos próprios. Com um portfólio diversificado de investimentos, incluindo ativos estratégicos como controle de empresas das áreas de aviação geral, combustível de aviação, consultoria tributária, locação de imóveis, incorporação e construção. A IEX já investiu, só nos últimos três anos, mais de R$ 15 milhões em solo gaúcho.  

A RDCTV contará com quatro estúdios em um espaço de 1.200 metros quadrados. Sua programação poderá ser sintonizada em mais de 511 mil pontos da NET, distribuídos por todo o Rio Grande do Sul, com um público potencial de 2 milhões de espectadores. “A RDCTV também será uma opção de produtora para produção de conteúdo de terceiros, inclusive para gravação de programas independentes que serão veiculados em outras plataformas ou emissoras”, adianta o executivo. 

leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: