Venda de papéis do Banrisul rende R$ 484,9 milhões

A operação foi conduzida pelo BTG Pactual

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Governo gaúcho venderá ações preferenciais do Banrisul em leilão

O governo do Rio Grande do Sul arrecadou R$ 484,9 milhões com o leilão de ações do Banrisul que foi realizado no início da tarde desta terça-feira (10). Havia uma expectativa de atingir cerca de R$ 500 milhões.  Foram vendidas 26 milhões de ações preferenciais (sem direito a voto), cotado a R$ 18,65 por ação. 

A operação foi conduzida pelo BTG Pactual. A corretora do BTG, inclusive, conseguiu compradores que somaram R$ 347 milhões. Desse modo, o governo liquidou sua posição em ações preferenciais, porém ainda seria dono de mais da metade (50,6%) do capital. Como essas ações não dão direito a voto, sua venda não tira o controle do governo sobre o banco.

A diretoria do Banrisul anunciou em meados de março que está estudando a abertura de capital da Banrisul Cartões. O banco justifica os recentes resultados financeiros da subsidiária e o potencial crescimento do segmento de meios de pagamentos como principais motivos para o IPO.


leia também

Venda de ações do Banrisul será analisada pela CVM - Um investidor questionou as operações feitas pelo controlador

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: