Oi lança plataforma de gestão de segurança no Sul

Operadora investiu R$ 632 milhões na região em 2017

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Oi lança plataforma de gestão de segurança no Sul

A Oi está realizando visitas nas principais capitais do país para lançar a plataforma Gestão Integrada de Serviços – Managed Security Services (GIS MSS). Essa tecnologia permite gerenciamento integrado de serviços de segurança da Oi para clientes corporativos. O Oi Smart Cloud 4.0, solução em nuvem recém-lançada que possibilita implementações gerenciadas de nuvens inteligentes, é outra novidade.  A estratégia de negócios da Oi para o mercado corporativo é de seguir crescendo em serviços de TI e dados. 

“Nossa estratégia comercial está baseada nos pilares de soluções de Segurança, Data Center e Cloud e Gerenciamento de Serviços, além dos serviços de comunicação de dados. Investimos cerca de R$ 100 milhões em soluções de TI nos últimos três anos e a nossa previsão é de crescer cerca de 25% nos próximos três anos com os novos serviços que estão sendo apresentados ao mercado”, projeta Cátia Tokoro, diretora do Corporativo da Oi. A Oi vem apresentando crescimento ano a ano no setor de TICs. No terceiro trimestre de 2017, a participação da receita de serviços não voz atingiu 70% da receita total do Corporativo, o que representa crescimento de 3,4 pontos percentuais em relação ao terceiro trimestre de 2016, alavancada principalmente pelo crescimento da receita de TI. 

Na Regional Sul, a companhia teve um aumento de 66% na receita de TI em 2017 quando comparado ao ano anterior. Atualmente 7% da receita do Corporativo no Sul está atrelada à divisão de TI da operadora. Para este ano, a previsão é que 9% do faturamento global do Sul venham de TI com projetos voltados para Big Data, Segurança e Cloud Privada. A Oi investiu R$ 632,8 milhões no Sul em 2017, o que representa um aumento de 2% em relação a igual período de 2016. 


leia também

A deficiência que a crise esconde - A profissão de caminhoneiro não desperta o interesse de jovens – e isso pode causar um novo apagão rodoviário

Aeroporto de Curitiba é o melhor do país - Terminal de Porto Alegre ficou em quinto lugar

Aeroportos de Curitiba e Foz do Iguaçu serão privatizados - Governo espera leiloar a concessão no segundo semestre de 2017

Aporte após concessão do Salgado Filho será de R$ 1,7 bi - Terminal de Florianópolis receberá investimento de R$ 918 mi

Codesul projeta criar corredores de infraestrutura - A ideia é criar um caderno com cronograma de ações e valores

Crise da Oi não afeta clientes no momento - Credores e acionistas podem chegar a um acordo sobre a dívida

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: