Investimento em TI aumenta 4,5% em 2017 no Brasil

O país está na nona posição no ranking mundial

Por Agência Brasil

redacao@amanha.com.br

Investimento em TI aumenta 4,5% em 2017 no Brasil

O mercado de Tecnologia da Informação (TI), composto de hardwares, softwares e serviços) no Brasil cresceu 4,5% em 2017. O país está na nona posição no ranking global de investimentos no setor, com aporte de US$ 38 bilhões no ano passado. Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes), do estudo anual do setor realizado em conjunto com a consultoria IDC.

No ranking mundial, o Brasil fica atrás de Estados Unidos (US$ 751 bilhões), China (US$ 244 bilhões), Japão (US$ 139 bilhões), Reino Unido, Alemanha, França, Canadá e Índia. No total, foram US$ 2,07 trilhões em investimentos em TI no último ano. De acordo com a Abes, na América Latina, o Brasil está no topo da lista de investidores, seguido por México (US$ 20,6 bi), Argentina (US$ 8,4 bi) e Colômbia (US$ 7 bi). O país foi responsável 39,1% do total de investimentos da região, que foi de US$ 97,3 bilhões. Para a associação, os resultados mostram a retomada do espaço perdido nos últimos anos e um maior grau de maturidade nos investimentos em tecnologia, com ampliação da participação dos investimentos em software e serviços nos aportes totais em TI.

Já os investimentos em TIC, que engloba TI mais o setor de telecomunicações, somaram mundialmente US$ 3,55 trilhões em 2017, sendo US$ 105 bilhões somente no Brasil, o que, segundo a Abes, garantiu o sexto lugar no ranking geral, recuperando uma posição em relação ao ano anterior. Para 2018, a expectativa da Abes é de mais recuperação, com mais oportunidades no segundo semestre e crescimento anual de 4,1% no segmento de TI.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: