Startup catarinense Playmove recebe aporte do Criatec 3

O fundo fez um investimento de R$ 2,6 milhões na companhia

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Startup catarinense Playmove recebe aporte do Criatec 3

A startup catarinense Playmove iniciou 2018 como a mais nova empresa no portfólio do Fundo Criatec 3, gerido pela Inseed Investimentos, que tem como principal acionista o BNDESPar, braço de investimentos do banco de fomento brasileiro. O fundo fez um aporte de R$ 2,6 milhões para aplicação no crescimento do negócio, que atua na área de tecnologia para educação. Desenvolvedora da mesa digital com jogos educativos chamada PlayTable(foto), lançada em 2014, a Playmove, de Blumenau, tem como principais clientes as escolas públicas e privadas do Brasil. 

Atualmente já são mais de mil instituições em todo o país que utilizam o produto para complemento da educação de crianças a partir de três anos de idade ou para inclusão de crianças com diferentes tipos e graus de deficiência. Entre elas está a AACD, que usa a PlayTable no atendimento de seus pacientes em diferentes atividades de estímulo e reabilitação. As unidades da APAE de todo o Brasil também contam com o produto no trabalho com os seus alunos. Em 2017 a empresa iniciou um processo de internacionalização, estabelecendo representantes nos Estados Unidos e na Europa. Este ano, participou com estande próprio da Spielwarenmesse, a maior feira de brinquedos do mundo, na Alemanha, em busca de distribuidores para expandir sua plataforma de jogos.

O Fundo Criatec 3 é gerido pela Inseed Investimentos e a Playmove é a primeira startup com atuação em educação que engloba o projeto.  Criado pelo BNDES e gerido pela Inseed Investimentos, o Fundo Criatec 3 tem R$ 220 milhões em capital comprometido e é direcionado para empresas que buscam um sócio-investidor que agregue capital, estratégia, governança e gestão.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: